Herman se confunde e chama Gilmar Mendes de Michel Temer durante sessão no TSE

Estadão Conteúdo
Política | Publicado em 08/06/2017 às 11:00

Foto: José Cruz/Agência Brasil

O ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) Herman Benjamin, relator da ação contra a chapa presidencial encabeçada por Dilma Rousseff, se confundiu e chamou o presidente da Casa, Gilmar Mendes, de Michel Temer. "Agradeço ao presidente Michel Temer", disse Herman, no início de uma frase em que fazia referência a Mendes.

O erro causou risos dos demais ministros. Herman, em seguida, se corrigiu. "O outro (Temer) é presidente também, mas é réu aqui", disse.

O ministro relator fez a confusão ao agradecer a contribuição dos funcionários do tribunal ao seu trabalho à frente da relatoria do caso.



Relacionados

Política | 17-06-2018 09:10

Plataformas online monitoram atividade de políticos

Plataformas online monitoram atividade de políticos

Política | 16-06-2018 17:30

Pré-candidatos à Presidência falam sobre economia no Twitter

Pré-candidatos à Presidência falam sobre economia no Twitter

Política | 16-06-2018 13:15

Pré-candidatos à Presidência usam Twitter para se manifestar neste sábado

Pré-candidatos à Presidência usam Twitter para se manifestar neste sábado

Política | 16-06-2018 09:25

Marco Aurélio afirma que ato 'ressoa como censura'

Marco Aurélio afirma que ato 'ressoa como censura'

PUBLICIDADE