Linha 4

Publicidade

Justiça Eleitoral indefere candidatura de Boca Aberta a prefeito de Londrina

Weslley Lemos

Boca Aberta. Foto: Divulgação/Câmara dos Deputados

A Justiça Eleitoral indeferiu o registro da candidatura de Boca Aberta (PROS) a prefeito de Londrina. A decisão é do juiz da 41ª Zona Eleitoral de Londrina, Mauricio Boer, baseada em pedidos das coligações dos candidatos Tiago Amaral (PSB) e Marcelo Belinati (PP). A argumentação utilizada é que o deputado federal teve o mandato de vereador cassado pela Câmara Municipal em 2017. 

Na época, Boca Aberta foi cassado após realizar uma vaquinha virtual na internet pedindo dinheiro para pagar uma multa. Ele teria sido multado por promover ações que ficaram conhecidas como "blitz da saúde", em que Boca Aberta visita unidades do município. Dos 19 vereadores, 14 votaram a favor do relatório da Comissão Processante (CP) e cinco contra. Eram necessários 13 para a perde da função. 

O candidato poderá continuar realizando campanha mesmo com a decisão. "Poderá efetuar todos os atos relativos à campanha eleitoral, inclusive utilizar o horário eleitoral gratuito no rádio e na televisão e ter seu nome mantido na urna eletrônica enquanto estiver sob essa condição, ficando a validade dos votos a ele atribuídos condicionada ao deferimento de seu registro por instância superior", afirma a decisão. 

Boca Aberta já afirmou que vai recorrer. "Dois concorrentes meus. Temos três dias para fazer embargo, nós vamos para Curitiba, para o TSE e vamos tocar a campanha sem problema nenhum. Estamos na disputa e vamos recorrer", disse.

Ele assumiu o mandato como deputado federal amparado por uma liminar. Havia sido considerado inelegível após sua cassação na Câmara Municipal. "Que novidade impugnar minha candidatura. Lógico que é um golpe, um tapetão. É natural que os inimigos do povo querem tirar o Boca Aberta da disputa", afirmou Boca. 

COMENTÁRIOS

Publicidade

Publicidade

Nós usamos cookies teste site para lhe proporcionar a melhor experiência possível lembrando de preferências em visitas anteriores. Clicando em "Aceitar" você aceita o uso de cookies e nossos Termos de Uso.