Maia: sociedade recusa fake news, mas quer poder divulgar informações verdadeiras

Estadão Conteúdo
Política | Publicado em 04/06/2020 às 12:10

O presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), voltou a defender o projeto de lei contra sobre fake news e disse que parlamentares vão trabalhar entre hoje, dia 4, e sexta-feira (5) para construir um texto de consenso a ser apresentado ao presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), no fim de semana.

"Todo projeto tem risco de veto e, com risco de veto, é importante que Câmara e Senado estejam trabalhando de forma harmônica. A sociedade não quer mais fake news, mas quer liberdade para divulgar suas informações verdadeiras. A gente tem que saber separar os limites", disse Maia nesta quinta-feira.

"A sociedade não aguenta mais ser enganada por alguns que insistem em construir uma fábrica, uma indústria, uma usina de fake news para difamar a imagem de terceiros", completou o presidente da Câmara.



Relacionados

Cascavel | 06-07-2020 10:08

Câmara de Cascavel realiza primeira sessão on line

Câmara de Cascavel realiza primeira sessão on line

Política | 06-07-2020 08:54

Maia critica força-tarefa da Lava Jato e diz que Moro virou político

Maia critica força-tarefa da Lava Jato e diz que Moro virou político

Política | 06-07-2020 07:38

TSE autoriza 'vaquinhas' de sites fora do ar

TSE autoriza 'vaquinhas' de sites fora do ar

Cascavel | 06-07-2020 06:33

Jovem se fere após bater em fusca estacionado

Jovem se fere após bater em fusca estacionado