Maia: votação de proposta dos supersalários deve ocorrer até março de 2018

Estadão Conteúdo
Política | Publicado em 18/12/2017 às 19:05

Foto: divulgação

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou nesta segunda-feira, 18, que a votação do projeto dos supersalários deve ocorrer até março do ano que vem. Ele disse que está construindo o texto para limitar os salários e benefícios de funcionários públicos que estão acima do teto constitucional em conjunto com a presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, a procuradora-geral da República, Raquel Dodge e membros do Executivo.

"Estamos construindo o texto e vendo a realidade de cada poder. É melhor que a gente faça um trabalho bem feito, com diálogo, para que a gente não transforme um projeto de lei, uma votação tão importante, tão esperada pela sociedade, num conflito entre os poderes", afirmou. Ele admitiu que o texto final não vai agradar a todos, mas deve atender uma demanda da sociedade.

Maia avaliou que a situação do Judiciário é a mais complexa entre os poderes, pois há rubricas distintas nas varas estaduais, que fazem a contabilidade de maneira diferente. "A gente sabe que têm distorções em todos os poderes, não é só no Poder Judiciário, talvez lá, por ser uma regra diferente, que tem uma composição que vem do federal para os Estados, seja um pouco mais complexo."

Ele destacou que a Câmara, ao adiar a votação para o próximo ano, busca demonstrar que dialogou com todos os poderes e que esta não é uma matéria contra o Judiciário, a PGR ou o Executivo. "Tudo isso para que a gente possa ter bons servidores públicos, com uma boa remuneração, mas nada extrapolando a lei brasileira", afirmou Maia.



Relacionados

Política | 21-04-2018 09:20

Prisão da Lava Jato espera por Zé Dirceu, dizem juristas

Prisão da Lava Jato espera por Zé Dirceu, dizem juristas

Política | 21-04-2018 09:15

'Sarney desesperado para voltar ao poder', afirma Flávio Dino

'Sarney desesperado para voltar ao poder', afirma Flávio Dino

Política | 21-04-2018 07:40

A cada dia, um servidor é demitido por corrupção

A cada dia, um servidor é demitido por corrupção

Política | 21-04-2018 07:30

Senador não atendeu a interesses, afirma defesa

Senador não atendeu a interesses, afirma defesa

PUBLICIDADE