Mandetta: hora de pensar mais nas próximas gerações do que nas próximas eleições

Estadão Conteúdo
Política | Publicado em 22/03/2020 às 19:39

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, criticou neste domingo, 22, brigas políticas em torno das medidas de combate ao novo coronavírus.

"Tem prefeito pensando em eleição e oposição cobrando medidas mais duras, porque está pensando em eleições. Está na hora de a gente pensar mais nas próximas gerações do que nas próximas eleições", afirmou.

Ele voltou a pedir um pacto político para que as eleições municipais sejam adiadas, se esse assunto for um complicador para o combate à covid-19. "Vamos nos organizar para que não tenhamos elementos que perturbem a história dessa patologia", completou.

O ministro comemorou ainda a redução no número de mortes na Itália e disse que tem preocupação em NY e na França. "Estamos vendo algo que não vimos no mundo oriental. Ou lá era outra doença ou lá era outra informação. Os fatos e a ciência se impõem por si e vamos ver que fez e se organizou e quem informou", acrescentou.

O ministro fugiu de polêmicas com líderes religiosos. "Não tem problema nenhum a igreja ficar com a porta aberta, mas peço aos pastores e padres que não aglutinem pessoas", concluiu.



Relacionados

Política | 03-04-2020 14:25

Doria elogia Mandetta após críticas de Bolsonaro ao ministro

Doria elogia Mandetta após críticas de Bolsonaro ao ministro

Política | 03-04-2020 12:10

'Ninguém tutela o presidente', diz general Villas Bôas

'Ninguém tutela o presidente', diz general Villas Bôas

Política | 03-04-2020 11:15

TJ de São Paulo encontra dificuldades em entregar máscaras a oficiais de Justiça

TJ de São Paulo encontra dificuldades em entregar máscaras a oficiais de Justiça

Política | 03-04-2020 10:45

Maia: momento é de superar crise e salvar vidas, e não de discutir impeachment

Maia: momento é de superar crise e salvar vidas, e não de discutir impeachment

PUBLICIDADE