Linha 4

Publicidade

MP investiga médico suspeito de usar hospital para promover candidato em Jataizinho

Redação Tarobá News

O Ministério Público do Paraná cumpriu na manhã desta quinta-feira (5) quatro mandados de busca e apreensão em Jataizinho. Está sendo investigado um possível financiamento irregular de um médico para a campanha do candidato a prefeito, Claudinei de Oliveira Cabral, o Dim Dim (PL). Atualmente, o político é presidente da Câmara Municipal. 

Um médico que trabalha no Hospital São Camilo, único na cidade, estaria utilizando a estrutura para promover politicamente Dim Dim. A reportagem procurou o promotor responsável pelo caso, mas ele preferiu não gravar entrevista. Informou que seis pessoas já foram ouvidas no procedimento instaurado, incluindo uma candidata ao cargo de vereadora. Ela teria afirmado que as pessoas que trabalhavam em sua campanha eram pagas pelo médico. 

O dinheiro gasto pelo profissional de saúde não foi declarado à Justiça Eleitoral. Foram apreendidos documentos, celulares, computador e aproximadamente R$ 280 mil em espécie. Será apurado se o médico apenas realizava pagamentos ou se estava atendendo pacientes em troca de votos. 

O promotor não pediu impugnação da candidatura e a investigação deve ser concluído até o próximo mês. Caso seja comprovado algum crime, poderão ser adotadas medidas judiciais contra a candidatura do prefeito e de vereadores por abuso de poder econômico e político. A ação é coordenada pela 3ª Promotoria de Justiça de Ibiporã (sede da comarca), que tem atribuição na área eleitoral.

Os mandados foram cumpridos no hospital em que o médico trabalha – local onde os pagamentos estariam sendo efetuados –, em sua residência e de sua esposa (também alvo da operação e que é presidente do partido político do candidato que estaria sendo ilegalmente financiado), na residência de um funcionário do hospital, que também teria participação no esquema, e no comitê de campanha do partido político do candidato a prefeito.

COMENTÁRIOS

Publicidade

Publicidade