Paranhos congela salário de comissionados e o dele

Redação Tarobá News
Política | Publicado em 13/06/2019 às 20:18

Depois de ser aconselhado pelas assessorias administrativa e financeira a não conceder reajuste algum aos mais de 8.000 funcionários, o prefeito de Cascavel, Leonaldo Paranhos, decidiu desconsiderar os alertas sobre possíveis problemas de caixa no futuro. Na tarde de hoje (13), foi protocolado na Câmara o pedido de autorização dos vereadores para repasse da inflação de 5,07%, em quatro parcelas. 

A novidade fica por conta da exclusão dos cargos de confiança e do próprio chefe do Executivo, que não embolsarão o adicional. A notícia recebeu aplausos dos dirigentes sindicais no Sismuvel e Siprovel. O benefício vale apenas aos servidores de carreira e acarretará R$ 8 milhões a mais até o final do ano. No próximo, serão R$ 20 milhões. Em uma folha que já passou dos R$ 21 milhões mensais faz tempo,  deixar comissionados à margem pode não representar muito em valores, porém repercute bem na opinião pública. Em março eram 126 cargos de confiança. O total de salários estava na casa de R$ 800 mil.



Relacionados

Política | 14-06-2019 18:10

Inimputável, esfaqueador de Bolsonaro é absolvido e ficará internado

Inimputável, esfaqueador de Bolsonaro é absolvido e ficará internado

Política | 14-06-2019 13:55

Bolsonaro diz que há 'possibilidade zero' de demitir Sergio Moro

Bolsonaro diz que há 'possibilidade zero' de demitir Sergio Moro

Política | 14-06-2019 13:50

'Ímpeto' de Carlos foi contido, diz Bolsonaro sobre atuação de filho nas redes

'Ímpeto' de Carlos foi contido, diz Bolsonaro sobre atuação de filho nas redes

Política | 14-06-2019 13:35

Bolsonaro diz que demitirá presidente dos Correios e que convidou Santos Cruz

Bolsonaro diz que demitirá presidente dos Correios e que convidou Santos Cruz

PUBLICIDADE