Linha 4

Publicidade

Prefeito Paranhos é eleito presidente da Amop

Redação Tarobá News

Por 52 votos a 0, os prefeitos e prefeitas da Amop (Associação dos Municípios do Oeste do Paraná) ratificaram na manhã desta sexta-feira (22), durante a primeira assembleia geral ordinária de 2021, apoio unânime à candidatura do prefeito de Cascavel, Leonaldo Paranhos, à presidência da entidade municipalista oestina.  

A eleição será realizada na sexta-feira que vem, dia 29 de janeiro, porém será apenas um ato formal, por exigência estatutária. Neste dia 29, Paranhos assumirá a presidência da entidade para mandato de um ano, em substituição a Rineu Menoncin, o Texeirinha, ex-prefeito de Matelândia.

A chapa "Do Oeste para todo o Paraná", encabeçada por Paranhos, terá como primeiro vice-presidente o prefeito de Santa Tereza do Oeste, Élio Marciniak, o Kabelo e segundo vice-presidente o prefeito de Toledo, Beto Lunitti. Os membros titulares do Conselho Fiscal são Marcio Rauber (Marechal Cândido Rondon) [presidente], Antonio França (Medianeira) e Karla Galende (Santa Terezinha de Itaipu). Os membros suplentes são Rodrigo Schanoski (Maripá), Odair Guerreiro (Braganey) e Osmário Portela (Guaraniaçu).

Os Diretores de Departamentos são os seguintes: Agricultura - Valter Aparecido Souza Correia, o Valtinho (Assis Chateaubriand); Cultura e Eventos - Carlos Reis (Anahy); Educação - Luiz Antonio Domingos de Aguiar (Formosa do Oeste); Esporte - Silvio de Souza (Lindoeste); Planejamento - Luiz Ernesto de Giacometti (Palotina); Meio Ambiente - Ivo Roberti (Serranópolis do Iguaçu); Saúde - Ivan Reis (Terra Roxa); Turismo - Evandro Miguel Grade (Santa Helena); Agrário - Heraldo Trento (Guaíra) e Indústria e Comércio - José Aparecido de Paula e Souza, o Pecinha (Nova Aurora).

A Comissão Eleitoral que comandará os trabalhos sucessórios é composta pelos prefeitos Marcos Vilas Boas Pescador (Vera Cruz do Oeste), Fábio Dalécio (Ubiratã) e Leonir dos Santos (Boa Vista da Aparecida).

"Quero registrar minha felicidade por ser escolhido presidente desta entidade fantástica, de reconhecimento nacional. A Amop tem êxito e tradição na sua luta. Homologar uma eleição sem disputa mostra uma grande maturidade institucional. Fico muito feliz e sempre entendi que a Amop deveria ser presidida pelo prefeito de uma cidade menor. Sempre respeitei isso, mas sempre participei de todas as assembleias e reuniões da Amop, por uma questão de reconhecimento e obrigação minha", destacou Paranhos.

E complementou: "Vamos atrás agora da consolidação do reconhecimento do Oeste como matriz produtiva nacional. Sabemos trabalhar, sabemos produzir, mas muitas vezes não sabemos expressar o nosso tamanho. É isso que essa nova diretoria quer fazer: mostrar o nosso tamanho e que sejamos reconhecidos em nossa amplitude. Fortalecer o arranjo produtivo do alimento é a nossa meta. Produzimos proteína para o Brasil e para o mundo. Vamos valorizar ainda mais isso. Queremos que os investidores da cadeia produtiva alimentar possam fazer investimentos tecnológicos e industriais no Oeste do Paraná e, com todo respeito a outras regiões, optem por deixar os recursos aqui, onde de fato devem permanecer", disse.

COMENTÁRIOS

Publicidade

Publicidade