Presidência se posiciona por debater cassação de vereador

Redação Tarobá News
Política | Publicado em 15/03/2019 às 00:55

O presidente da Câmara Municipal, Alécio Espínola,  abrirá daqui a pouco  as portas do gabinete para a imprensa, informando na manhã desta sexta o parecer chancelado pelo procurador jurídico do Legislativo, Rafael Salvatti, sobre o caso do vereador Damasceno Júnior.

Ele divulgará entendimento de que a Comissão de Ética e Decoro deverá concluir relatório das investigações e levar ao plenário o debate e votação acerca da cassação ou não do parlamentar denunciado por assessoras, das quais teria exigido parte dos salários sob ameaça de demissão.

O parecer aponta que o caso é grave e não comporta penalização branda. A Comissão pediu o posicionamento da Mesa e a presidência não enrolou. Conforme especulações,  os cinco parlamentares investigadores estão propensos à aplicação da pena máxima e  não somente suspender Damasceno 180 dias,  sem remuneração.

O relator Misael Júnior quer concluir rápido o trabalho  e, no caso de a pena proposta ser mesmo  cassar o mandato, levar a questão ao crivo do plenário. Serão necessários 14 votos para aplicação da sanção extrema. O acusado é reincidente e, enquanto alega inocência, tem feito declarações polêmicas como a de temer ficar doente e ser assassinado em um

hospital. Também sustenta que teve caso amoroso  com, no mínimo, uma das assessoras denunciantes. Segundo as mídias sociais, mulheres estão organizando manifestação pública contra o vereador. A Comissão de Ética também tem Olavo Santos,  Romulo Quintino, Pedro Sampaio e Josué  Souza.



Relacionados

Política | 25-05-2019 22:00

Segurança e poucos protestos marcaram o casamento de Eduardo Bolsonaro

Segurança e poucos protestos marcaram o casamento de Eduardo Bolsonaro

Política | 25-05-2019 18:40

Forte esquema de segurança é montado por causa do casamento de Eduardo Bolsonaro

Forte esquema de segurança é montado por causa do casamento de Eduardo Bolsonaro

Política | 25-05-2019 15:50

Bolsonaro deixa residência no Rio para ir ao casamento do filho Eduardo

Bolsonaro deixa residência no Rio para ir ao casamento do filho Eduardo

Política | 25-05-2019 13:25

Bolsonaro felicita primeiro-ministro da Índia por reeleição

Bolsonaro felicita primeiro-ministro da Índia por reeleição

PUBLICIDADE