Temer retorna à Brasília depois de passar a tarde em SP

Redação Tarobá News
Política | Publicado em 03/06/2017 às 18:15

Depois de passar a tarde em São Paulo, o presidente da República, Michel Temer, está voltando para Brasília neste início de noite de sábado. Segundo a assessoria de imprensa do Palácio do Planalto, Temer e assessores embarcaram às 17 horas no aeroporto de Congonhas.

O presidente havia estado na capital paulista no sábado à noite, quando se encontrou com o governador Geraldo Alckmin (PSDB), no Palácio dos Bandeirantes. Retornou na mesma noite a Brasília e neste sábado voltou a São Paulo.

Segundo informações, Temer teria se encontrado com seu advogado, Antonio Claudio Mariz de Oliveira. Ele estaria preocupado com possíveis implicações que a prisão do ex-deputado Rocha Loures (PMDB-PR), seu ex-assessor especial, possa trazer para seu mandato. Rocha Loures foi preso nesta manhã em Brasília pela Policia Federal após perder o foro privilegiado com o retorno de Osmar Serraglio (PMDB-PR) à Câmara dos Deputados.

Na reunião que teve com Alckmin na sexta à noite, o presidente teria pedido apoio do tucano para convencer prefeitos do PSDB a não retirar o apoio ao seu governo.

A semana para Temer deve ser intensa já que na terça-feira, 6, começa o julgamento da chapa Dilma-Temer pelo Superior Tribunal Eleitoral (STE).



Relacionados

Política | 21-09-2018 20:55

Toffoli substitui Temer na Presidência da República na próxima semana

Toffoli substitui Temer na Presidência da República na próxima semana

Política | 21-09-2018 19:30

Cármen Lúcia errou ao não pautar prisão em 2ª instância, diz Nelson Jobim

Cármen Lúcia errou ao não pautar prisão em 2ª instância, diz Nelson Jobim

Política | 21-09-2018 19:10

Ausente, Bolsonaro foi o presidenciável mais citado no Twitter durante debate

Ausente, Bolsonaro foi o presidenciável mais citado no Twitter durante debate

Londrina | 21-09-2018 18:51

Vereador pede anulação do julgamento que livrou Rony e Mário de cassação

Vereador pede anulação do julgamento que livrou Rony e Mário de cassação

PUBLICIDADE