Vereador Nilson Hachmann deixa a prisão

Redação Tarobá News
Política | Publicado em 23/05/2019 às 18:33

Nilson Erno Hachmann, vereador de Marechal Cândido Rondon, foi solto no final desta tarde (23), em Cascavel. Ele estava preso desde o dia 15 durante a operação do Gaeco. O habeas corpus com pedido liminar foi divulgado nesta manhã. 

O vereador ficou detido até a última terça-feira na carceragem da 15ª SDP e havia sido transferido para a PEC (Penitenciária Estadual de Cascavel). 

O parlamentar foi acusado de estar envolvido em:

- Os contratos suspeitos de irregularidades foram firmados entre empresas e a Prefeitura. Nenhuma licitação ou contrato envolvendo a Câmara de Vereadores está sob suspeita dos investigadores;

- As buscas no Poder Legislativo restringiram-se exclusivamente à mesa e ao arquivo particular do vereador;

- Não houve buscas na contabilidade, nem na secretaria ou qualquer outro gabinete ou dependência da Câmara de Vereadores.


Leia mais: Nilson Hachmann nega acusações e divulga carta à população rondonense

Exclusivo: Vereador protocola pedido de cassação contra Nilson Hachmann


ENVIE SUGESTÕES, NOTÍCIAS, FOTOS OU VÍDEOS PARA NÓS - ATRAVÉS DO WHATSAPP DO TAROBANEWS - 9.9147-1096.



Relacionados

Política | 19-06-2019 16:50

Moro: caso das mensagens não é problema do governo, é uma questão do meu passado

Moro: caso das mensagens não é problema do governo, é uma questão do meu passado

Política | 19-06-2019 15:50

Bolsonaro tira articulação política de Onyx e leva para Secretaria de Governo

Bolsonaro tira articulação política de Onyx e leva para Secretaria de Governo

Política | 19-06-2019 15:25

Moro: vaga no STF é fantasia, Bolsonaro nunca me prometeu nada

Moro: vaga no STF é fantasia, Bolsonaro nunca me prometeu nada

Política | 19-06-2019 14:05

Caso envolvendo mensagens é absolutamente diferente de áudios de Dilma, diz Moro

Caso envolvendo mensagens é absolutamente diferente de áudios de Dilma, diz Moro

PUBLICIDADE