Yeda Crusius (RS), primeiro voto do PSDB, é a favor do parecer sobre Temer

Estadão Conteúdo
Política | Publicado em 02/08/2017 às 19:00

O PSDB começou bem dividido na votação do parecer da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ). O primeiro voto do partido, da deputada gaúcha Yeda Crusius, foi a favor do parecer. O segundo voto dos tucanos, ao contrário, da deputada paulista Mara Gabrilli, foi contra o parecer. Ou seja, a parlamentar de São Paulo é a favor da investigação contra o presidente Michel Temer.

Antes, a deputada Shéridan Estérfany Oliveira de Anchieta (PSDB-RO) foi a primeira representante tucana a ser chamada para anunciar o voto. A parlamentar, porém, não está presente no plenário.

O PSDB não fechou questão sobre o tema e houve apenas a orientação da bancada para o voto contra o parecer. Ou seja, voto pela admissão do processo contra o presidente Michel Temer.



Relacionados

Política | 07-10-2018 22:10

Marina: infelizmente, tivemos a velha polarização que tóxica nessa campanha

Marina: infelizmente, tivemos a velha polarização que tóxica nessa campanha

Política | 07-10-2018 22:10

Fora do 2º turno, Skaf diz a apoiadores que "saímos todos fortalecidos"

Fora do 2º turno, Skaf diz a apoiadores que "saímos todos fortalecidos"

Política | 07-10-2018 22:10

Filho de Bolsonaro bate recorde de votos na Câmara

Filho de Bolsonaro bate recorde de votos na Câmara

Política | 07-10-2018 22:05

Próximo presidente terá o desafio de unificar o País diz presidente da Votorantim

Próximo presidente terá o desafio de unificar o País diz presidente da Votorantim

PUBLICIDADE