Linha 4

Publicidade

Governo vai investir R$ 10 milhões para apoiar ecossistema de inovação

Agência Estadual de Notícias

O Governo do Estado vai investir R$ 10 milhões para fomentar o ecossistema de inovação e desenvolver startups paranaenses. O anúncio foi feito pelo chefe da Casa Civil, Guto Silva, na abertura da 2ª Semana de Inovação do Paraná, nesta segunda-feira (07). Os recursos virão de programas e ações de diversas áreas do Governo que serão lançados durante o evento, que vai até o dia 12.  

Silva destacou o alinhamento entre Poder Público, universidades, empresas e organizações. “Inovação não cai do céu. É um processo que exige muito trabalho, vontade de todos os envolvidos, empenho e disciplina e que, na ponta, vai gerar emprego e renda para a população e desenvolvimento para o Estado”, afirmou. E a integração entre todos os protagonistas, reforçou, é fundamental para alcançar o objetivo traçado pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior de tornar o Paraná o estado mais inovador do Brasil.  

A boa relação que empreendedores e organizações da área mantêm com o Governo é atestada pelo presidente da Assespro Paraná, Adriano Krzyuy. “Hoje temos um trabalho alinhado com o Governo como nunca tivemos”, garantiu. A Assespro é parceria de várias iniciativas do Governo em prol da inovação. 

VONTADE POLÍTICA - A agenda de inovação do Governo foi ressaltada pelo superintendente-geral de Inovação do Governo, Henrique Domakoski. “Onde o mercado não olha, nós temos que olhar, por isso o incentivo e programas voltados a startups”, explicou.

No ano passado, na primeira edição da Semana de Inovação do Paraná, foram destinados R$ 4 milhões para apoiar 92 startups com grande potencial de crescimento. Neste ano, conforme antecipou o chefe da Casa Civil, serão R$ 10 milhões. 

Com a pandemia do novo coranavírus, o papel da inovação ganhou destaque. Junto com instituições parceiras, o Governo do Estado investiu e incentivou healthtechs (empresas de base tecnológica na área da saúde), e as universidades paranaenses realizaram importantes pesquisas e o desenvolvimento de novos produtos que ajudaram no enfrentamento do vírus. 

O presidente da Fundação Araucária, Ramiro Wahrhaftig, definiu todo esse trabalho como vontade política. “Este é um diferencial do Paraná, existe vontade do Governo de desenvolver o ecossistema de inovação, e isso já coloca o Estado como um dos líderes dessa agenda no País”, disse. 

A Semana de Inovação do Paraná é uma realização do Governo do Estado, com a coordenação da Superintendência Geral de Inovação, vinculada à Casa Civil, apoio da Celepar e parceria da Fundação Araucária, Tecpar, Sebrae e Detran/PR.

PARTICIPANTES – A abertura da Semana de Inovação do Paraná contou, ainda, com as presenças do presidente da Federação Assespro, Ítalo Nogueira; do CEO da OBr Global, Robert Janssen; do CEO da Icities, Roberto Marcelino; e do CEO da Viasoft, Itamir Viola.  

Pelo governo também participaram o presidente da Celepar, Leandro Moura, o superintendente de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Aldo Bona, e o diretor de Ciência, Tecnologia e Inovação da Fundação Araucária, Luiz Márcio Spinosa. O deputado estadual Emerson Bacil, presidente da Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação e Ensino Superior, representou a Assembleia Legislativa do Paraná. 

COMENTÁRIOS

Publicidade

Publicidade