Linha 4

Publicidade

Caminhoneiro carbonizado é identificado no IML de Londrina

Redação Tarobá News

O caminhoneiro que morreu carbonizado nesta terça-feira (26) foi identificado no Instituto Médico Legal de Londrina, IML. Gilmar de oliveira, 37 anos, teria ficado preso às ferragens da cabine quando o caminhão em que ele estava tombou na PR-445, sentido Bela Vista do Paraíso/Warta.

Ele viajava sozinho e não conseguiu sair do caminhão. Ainda não se sabe as causas do acidente e nem do fogo. A suspeita é que houvesse algum tipo de material inflamável dentro da cabine que possa ter servido de combustível quando a cabine tombou, já que apenas esta parte do caminhão pegou fogo.

A vítima morreu carbonizada e os restos mortais encaminhado ao IML de Londrina.

Ele transportava soja, e a carga ficou espalhada no acostamento do km 105. O caminhão tinha placas do Rio Grande do Sul. 

(Com informações de Evandro Ribeiro)

COMENTÁRIOS

Publicidade

Publicidade