Londrina
Cascavel

TV Tarobá

Tarobá FM

  • Londrina
  • Cascavel

Celular ao volante gera uma multa a cada cinco minutos no Paraná

26/07/18 às 10:23 - Escrito por Redação Tarobá News

A cada cinco minutos, um motorista é flagrado ao celular enquanto dirige no Paraná. Entre janeiro e junho deste ano, quase cinquenta e uma mil autuações foram emitidas pelo Detran em todo o Estado. A média é de 278 multas aplicadas por dia. Mesmo com os números, o Paraná registrou queda de 12 e meio por cento no índice de multas dessa natureza com relação ao mesmo período do ano passado. Até junho de 2017, haviam sido registradas 57 mil 275 autuações.

A servidora pública municipal Ediane Wunderlich ainda se lembra bem da primeira e única vez em que levou uma multa na vida. Ela atendeu a uma ligação da mãe enquanto dirigia usando o fone de ouvido e nem imaginava que cometia uma infração

Mas a multa logo chegou e não foi nada barata: quase 200 reais mais sete pontos na carteira de habilitação. Depois do flagra, Ediane não usa mais o fone de ouvido enquanto dirige, mas admite que, vez ou outra, ainda precisa atender ligações de trabalho no carro

O que muitos motoristas não sabem é que usar o celular no carro, mesmo por meio do bluetooth do viva-voz, também são consideradas infrações pelo Código Brasileiro de Trânsito, ainda que o carro esteja parado no semáforo. Quem explica é a coordenadora de infrações do Detran, Marli Batagini

Os suportes que levam o aparelho no carro estão permitidos, desde que o motorista não mexa no celular enquanto dirige. Para ajustar o GPS, por exemplo, é preciso estacionar o veículo em local permitido.

Desde novembro de 2016, a infração de mexer no celular ao dirigir passou de média para gravíssima, punível com 7 pontos na carteira de habilitação mais multa de R$ 293,40. Outra mudança é a que determina multas não só para quem fala ao telefone, como para quem manuseia o celular durante os trajetos

Um estudo feito pela Associação Brasileira de Medicina de Tráfego mostra que o uso do celular ao volante já responde pela terceira maior causa de acidentes de trânsito no Brasil. Um outro levantamento feito pelo Cesvi – Centro de Experimentação e Segurança Viária – mostrou que responder uma mensagem de Whatsapp a 80 quilômetros por hora tem o mesmo efeito que cruzar todo um campo de futebol com os olhos fechados. Segundo o estudo, alguns motoristas chegam a ficar quase 5 segundos sem olhar para o trânsito enquanto estão no celular.

© Copyright 2022 Grupo Tarobá