Guarita da rodoviária poderá ser retirada para não atrapalhar novo viaduto

Da Redação
Trânsito | Publicado em 22/05/2020 às 21:32

A construção do viaduto da Dez de Dezembro está na fase final e um novo problema surgiu antes da inauguração da obra. A guarita da Rodoviária de Londrina, por onde entram os ônibus, fica de frente para a via e pode atrapalhar o trânsito futuramente.

Uma das alternativas que está sendo estudada seria retirar a estrutura antiga e instalar um sistema de cancela eletrônico para controlar o acesso dos veículos. A mudança de local da entrada também é uma possibilidade. A Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização (CMTU) e o Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Londrina (Ippul) estão analisando o que será feito.

Durante a pandemia do coronavírus os trabalhos no viaduto não pararam, mas a Secretaria Municipal de Obras alegou que faltou material, por conta de fornecedores que deixaram de trabalhar. A entrega deve acontecer dentro do prazo estipulado, ou seja, até o final deste mês.

Após um ano e nove meses de obras, a rotatória que fica embaixo do viaduto foi liberada. O viaduto começou a ser construído em agosto de 2018 por um custo de R$ 18.185.085,93. A obra deveria ser concluída em novembro de 2019, mas após pedidos de aditivos pela construtora, a previsão é que a liberação do trânsito ocorra no final de maio.



Relacionados

Nova Tebas | 27-05-2020 14:10

Duas pessoas ficam gravemente feridas após caminhão tombar

Duas pessoas ficam gravemente feridas após caminhão tombar

Assis Chateaubriand | 27-05-2020 09:00

Capivaras são atropeladas e mortas na Ponte do Rio Piquiri em Assis

Capivaras são atropeladas e mortas na Ponte do Rio Piquiri em Assis

Londrina | 27-05-2020 08:14

Blitz do Maio Amarelo fala de prevenção ao novo coronavírus

Blitz do Maio Amarelo fala de prevenção ao novo coronavírus

Bela Vista do Paraíso | 27-05-2020 07:34

Caminhoneiro carbonizado é identificado no IML de Londrina

Caminhoneiro carbonizado é identificado no IML de Londrina

PUBLICIDADE