Educação financeira: veja como pode ajudar a sua empresa em tempos de crise

Conteúdo Patrocinado
29/06/2020 15:23
Fotos: Pixabay

A educação financeira é importante em vários aspectos do nosso dia a dia. Ela auxilia qualquer pessoa a administrar de forma responsável e segura as suas finanças pessoais, assim como serve para empreendedores administrarem melhor as finanças da empresa.

Em tempos de pandemia, a questão da educação financeira ganha ainda mais relevância, pois ela permite controlar os gastos e investimentos em um período como esse, em que o consumo cai de maneira significativa.

Nesse artigo você vai ficar por dentro de vários aspectos importantes a respeito desse tema. Confira os tópicos que irão esclarecer os principais conceitos sobre ele.

- O que é Educação Financeira e qual é a sua relevância?

- Dicas de educação financeira para empresas

- As vantagens da Educação Financeira no período da pandemia

- Ferramentas que auxiliam na Educação Financeira

O que é Educação Financeira e qual é a sua relevância?

A Educação Financeira consiste em um conjunto de ações e conceitos que visam proporcionar para as pessoas um amplo controle acerca dos seus gastos e lucros.

Em um primeiro momento, muita gente pensa que a Educação Financeira são regras que obrigam as pessoas a não gastarem. Isso é um equívoco, pois poupar não significa “nunca comprar”, mas sim, administrar bem os seus investimentos.

A Educação Financeira, nesse sentido, pode ser uma importante aliada tanto de um jovem que está entrando no mercado de trabalho, da dona de casa que gerencia as compras para o lar, quanto dos empreendedores que administram um pequeno ou grande negócio.

No caso de uma empresa, a Educação Financeira se mostra relevante especialmente pelo fato de que ela é um guia para o empreendedor. Por meio dela o gestor passa a ter um melhor controle sobre o seu negócio, sabendo quando deve poupar e quando deve investir.

Com isso, é possível afirmar que sem esse controle sobre as finanças, se torna difícil obter êxito nos negócios. Hoje em dia, na era digital, a Educação Financeira envolve o investimento correto em recursos que viabilizam uma eficiente gestão da empresa.

A tecnologia aliada à Educação Financeira

Para fazer a gestão correta de suas finanças é preciso apostar em ferramentas adequadas que facilitam essa tarefa. E na web há diversas soluções para isso.

Uma empresa que deseja reduzir os custos em médio e longo prazo precisa investir em estratégias digitais. E para isso, a criação de um site se faz mais que necessário.

Há muito tempo que ter um site deixou de ser uma simples alternativa para o empreendedor. Hoje em dia, se ele quer ser visto pelo público-alvo, ter um site se torna obrigação. Ainda mais em tempos de isolamento social, onde a internet ganha ainda mais força.

E quando se fala em site, vem à tona a questão de um bom serviço de hospedagem. Se levarmos em conta que a hospedagem de sites é benéfica até mesmo para as técnicas de SEO, então ela não é um gasto, é sim um importante investimento.

Adotando essa lógica, é fundamental que para gerenciar bem um negócio, o empreendedor saiba investir em recursos que tragam benefícios para a interação com os clientes.

O gestor que tem visão e entende de Educação Financeira, quer sempre o melhor para a sua empresa e, por isso, sabe que neste momento, o investimento em alternativas digitais é extremamente importante.

Dicas de Educação Financeira para sair do sufoco

Além de investir corretamente em um projeto web e um bom serviço de hospedagem de sites, existem outros detalhes que fazem parte da Educação Financeira para ajudar uma empresa. Confira mais a seguir.

Obtenha conhecimentos

A gestão de uma empresa exige do empreendedor alguns conhecimentos específicos da área. Por isso, para não ficar perdido ao se deparar com termos como “fluxo de caixa” e “capital de giro”, busque informações sobre o assunto.

Procure cursos na área, leia artigos, assista vídeos e faça parte de grupos e fóruns voltados para esses temas. Isso é importante especialmente para empreendedores em início de carreira.

Seja organizado

Manter as finanças da empresa devidamente organizadas é o mínimo para não perder o controle do seu negócio. O passo inicial para você controlar melhor as finanças é organizar todos os extratos e recibos, tanto pessoais quanto da empresa.

O ideal nessa hora é separar todos os documentos e avaliar o que é relevante ser guardado e o que já está apto a ser descartado. Uma boa organização é um dos principais itens da Educação Financeira e ainda mantém o seu negócio em ordem.

Aprenda a reduzir gastos

Quando alguém fala sobre redução de gastos logo vem a ideia de que Educação Financeira se resume a poupar, poupar e poupar. Ledo engano! Reduzir gastos nada mais é do que investir com responsabilidade.

Por isso, faça um planejamento analisando o que é essencial ou não para o seu negócio. Hoje em dia a tecnologia da Computação em Nuvem permite eliminar vários gastos do dia a dia.

Os recursos da Cloud Computing viabilizam o compartilhamento e o armazenamento de arquivos variados, tais como fotos, textos e vídeos. Isso ajuda, por exemplo, a reduzir o número de papéis impressos e armazenados no ambiente de trabalho.

Além disso, as atuais tecnologias permitem o Home Office, que também possibilita reduzir gastos com transportes e alimentação dos funcionários. Tudo isso reduz muito os custos de uma empresa em médio e longo prazo.

Trabalhe com metas realistas

O que você espera para a sua empresa no mês que vem? Quais são os planos para o próximo ano? Essas perguntas permitem que você estabeleça metas realistas e mantenha o foco para alcançá-las.

Para facilitar isso você pode utilizar o bom e velho esquema das metas SMART, pois ele viabiliza determinar objetivos tangíveis e coerentes com a realidade do seu negócio.

SMART, nesse caso, são as iniciais para metas Específicas (Specifics), Mensuráveis (Measurable), Atingíveis (Achievable), Relevantes (Relevant) e Temporais (Time).

Ou seja, metas bem específicas, capazes de serem medidas, importantes para o seu negócio e possíveis de serem realizadas em um determinado período de tempo.

Tenha tudo planejado

O planejamento é um dos alicerces que mantém um negócio em pé. Por isso, não é à toa que sempre quando o assunto é Educação Financeira ele ganha destaque.

Não há como gerenciar bem um negócio sem contar com um bom planejamento. Por isso, ao adotar estratégias, avalie bem o seu público-alvo, estude antecipadamente os canais a serem utilizados para a comunicação. Tudo isso é importante para você não errar.

As vantagens da Educação Financeira no período da pandemia

Quem em 2019 tinha planos pessoais e profissionais, viu em 2020 boa parte desses planos serem deixados de lado. O Covid-19 chegou para bagunçar a economia mundial, obrigando empreendedores a se reinventarem.

Alguns termos como “quarentena”, “lockdown” e “distanciamento social” passaram a fazer parte do dia a dia dos brasileiros, especialmente no mundo dos negócios.

Portanto, é em uma situação como essa, onde a busca de soluções é necessária, que a Educação Financeira pode ajudar muitas empresas.

O conhecimento em Educação Financeira permite que o empreendedor tenha condições de enfrentar as adversidades procurando saídas criativas e dentro do perfil do seu negócio. Vamos ver mais sobre isso?

Maior controle sobre o seu negócio

A Educação Financeira faz com que o empreendedor tenha uma visão mais abrangente das suas atividades, dando a devida importância para conceitos importantes, como fluxo de caixa, comportamento do consumidor e planejamento estratégico.

Em tempos como os atuais, em que há uma pandemia a ser enfrentada, esse controle sobre os gastos e os lucros da empresa se torna ainda mais importante.

Conhecimento de novas ferramentas

A Educação Financeira também mostra que hoje em dia há várias alternativas de tecnologias que facilitam o planejamento e a realização de estratégias de marketing.

Conhecer boa parte dessas ferramentas permite encontrar soluções criativas e eficientes para interagir com o público de consumidores.

No atual contexto do Coronavírus, por exemplo, a tecnologia se torna a principal saída para muitas empresas se reinventarem. E novamente, sites ou outros projetos web como e-commerce e deliverys se mostram excelentes alternativas.

Segurança para adotar estratégias

Com um bom conhecimento sobre Educação Financeira, se torna mais fácil elaborar e executar estratégias mais positivas para o seu negócio, ou seja, você adquire uma noção mais clara em relação ao que vale a pena ser investido na sua empresa.

Isso ajuda também a você sair da sua zona de conforto de forma planejada, sabendo quanto e onde gastar.

Atenção ao estoque dos produtos

Valorizar a questão do atendimento não é novidade para quem gerencia um negócio. Porém, no caso de uma pandemia essa questão se torna ainda mais delicada. O consumo diminui e cada vez mais ferramentas online passam a auxiliar a interação com o público.

Por meio da Educação Financeira se torna possível saber como estabelecer saídas para não desequilibrar a questão logística e de estoques da sua empresa.

Ferramentas que auxiliam na Educação Financeira

A tecnologia anda de mãos dadas com a Educação Financeira. A prova disso é a ampla alternativa de softwares que facilitam a gestão de uma empresa.

Não é necessário conhecer e utilizar todas essas ferramentas, mas é importante sempre se manter atualizado quanto a elas, pois é possível se deparar com alguma que pode ser muito útil para o seu negócio.

Além disso, é importante escolher a ferramenta que mais se adapta com o segmento e a realidade da sua empresa. A seguir listamos alguns softwares bastante conhecidos e recomendados.

Conta Azul

Esse é um software online bastante adequado para pequenos empreendimentos e também para profissionais autônomos. Ele tem alguns recursos bem interessantes, que permitem o acompanhamento correto do fluxo de caixa.

Também permite que o gestor tenha amplo controle sobre as vendas e ainda possibilita a emissão de nota fiscal. Trata-se ainda de um software seguro, pois mantém os dados e as informações referentes ao empreendimento devidamente protegidos.

Por ser um sistema totalmente online, o gestor pode acessá-lo de onde quiser e sempre que for necessário, isso facilita acompanhar mais de perto tudo o que é referente ao negócio.

Bling

Esse é um software de gestão financeira recomendado especialmente para quem gerencia uma loja online. Isso ocorre porque ele possui vários recursos que visam atender de forma mais eficiente as características desse tipo de empreendimento.

Por causa disso, alguma das vantagens do Bling é proporcionar a integração com as mais variadas plataformas de vendas online, como, por exemplo, o Mercado Livre.

Outro aspecto vantajoso é a possibilidade dele ser integrado com os Correios e facilitar bastante a questão logística. É possível ainda usar o software para a impressão de etiquetas do PAC e Sedex, controlar o estoque, organizar as vendas, realizar o controle de contas, do fluxo de caixa e também facilitar a emissão de notas fiscais.

EGestor

Esse é também um software online baseado na Computação em Nuvem, por essa razão não há a necessidade instalá-lo no computador.

Os primeiros 15 dias de uso do EGestor são gratuitos e funcionam como uma boa oportunidade de testes para o empreendedor. Após esse período é possível continuar com o uso por meio de planos pagos.

O EGestor traz algumas funcionalidades bem atrativas, como controle de estoque e de caixa, emissão de notas fiscais e a elaboração de relatórios.

Nibo

Esse software de gestão financeira tem todas aquelas funcionalidades essenciais para ajudar o empreendedor, tais como controle do fluxo de caixa, realização de relatórios e emissão de notas.

Porém, um aspecto diferencial do Nibo é a integração mais eficiente entre a empresa e o escritório de contabilidade. A vantagem desse artifício é permitir que o contabilista acesse os dados de negócio e obtenha informações relevantes sobre ele.

Além disso, o Nibo pode ser integrado a outras ferramentas, como, por exemplo, o WooCommerce, o PagSeguro e o Google Sheets.

Granatum Controle Financeiro

Essa ferramenta oferece de forma acesso ilimitado de usuários e conta com recursos para gestão financeira, de controle de estoque e de vendas. A vantagem disso é possibilitar que você contrate apenas os serviços que são os ideais referentes aos seus negócios.

No modo de gestor financeiro você vai ter a oportunidade de utilizar o controle de fluxo de caixa, emissão de notas fiscais eletrônicas e boletos, controle de contas e relatórios de gestão.

Todas essas funcionalidades podem ser monitoradas por meio de aplicativo em dispositivos Android.

A educação financeira auxilia na condução de qualquer negócio

Não importa se você gerencia um pequeno negócio ou uma grande empresa, a Educação Financeira reúne uma série de ações importantes que viabilizam o bom trabalho de gestão.

Em tempos de pandemia e, mais tarde, até na pós-pandemia, conhecer noções de educação financeira faz toda a diferença para o êxito de um negócio.