Linha 4

Publicidade

Sonho da casa própria pode virar realidade com imóveis novos oferecidos em leilões pela internet

Redação Tarobá News

Os negócios digitais transformaram definitivamente a vida em sociedade no mundo inteiro. Existe uma infinidade de produtos e serviços que facilitam o dia a dia das pessoas nas suas mais variadas necessidades. Além de comprar itens de mercado, roupas, passagens aéreas, acessórios e até mesmo carros, os brasileiros agora podem realizar o sonho de ter uma casa própria – tudo com o auxílio da internet.

Há uma grande tendência no Brasil – e também no mundo – de procurar imóveis novos disponíveis em leilões pela internet. Atualmente, muitas empresas de leilão têm investido nesse segmento, justamente pela procura crescente dos consumidores por tais itens.

É o caso, por exemplo, da Sodré Santoro, com 40 anos no mercado de organização de leilões no Brasil. Segundo levantamento recente, a procura por itens imobiliários de lançamento atinge uma média de interesse de cerca de 400 consumidores por dia, que acessam o site da organização para verificar e avaliar as ofertas disponíveis.

Para se ter uma ideia dessa tendência no país, o último leilão de imóveis pela internet promovido pela Sodré Santoro, em 11 de dezembro, contou com a disponibilidade de oferta de 16 itens novos apenas no estado de São Paulo, com lances iniciais bastante diversificados, entre R$ 150 mil e R$ 1,2 milhão.

Empresas que organizam esses leilões entendem que a diversificação das ofertas de imóveis (novos e usados) é atualmente uma vantagem e um diferencial para elevar os negócios, além de oferecer aos consumidores muitas opções de compra para as mais variadas necessidades das famílias.

Segundo o leiloeiro Moacir De Santi, da Sodré Santoro, as facilidades e os preços acessíveis encontrados nos leilões pela internet são hoje um grande atrativo aos consumidores. “Assim, o sonho de ter a casa própria ou de adquirir um imóvel como forma de investimento é cada vez mais próximo da realidade do brasileiro”, ressalta De Santi.

COMENTÁRIOS

Publicidade

Publicidade