8 causas de dor no peito que não são infarto

Redação Tarobá News
26/03/2019 08:05

De repente, surge aquela apontada na região do coração e logo vem o susto: será um ataque cardíaco? O primeiro passo, claro, é ir imediatamente ao pronto-socorro por garantia, para investigar a causa do incômodo. Mas é bom saber que algumas doenças geram sintomas muito parecidos com um infarto. A seguir, listamos algumas das principais.

Ataque de pânico

Um ataque de pânico tende a ser facilmente confundido com um ataque cardíaco. O problema é caracterizado por ser um episódio súbito de ansiedade ou de medo intenso que desencadeia reações físicas graves, como:

Dor ou aperto no peito; Falta de ar; Palpitações; Tontura; Dormência das mãos e dos pés; Sudorese; Sensação de desmaios iminente; Tremores.

Ansiedade

E é bom deixar claro que ataque de pânico não é sinônimo de ataque de ansiedade. O pânico vem sem dar aviso e é uma resposta corporal. Já a ansiedade, você sabe como é: aquela pulga atrás da orelha com um projeto do trabalho, uma briga mal resolvida com o parceiro, uma conta que não sabe como vai pagar.

Refluxo gastroesofágico

A doença se dá quando a válvula que separa o estômago do esôfago abre de maneira inapropriada e permite que o ácido estomacal atinja o esôfago, que não está preparado para receber a substância e acaba se machucando. O incômodo pode gerar queimação e ardor, como uma cólica na região do peito, o que pode parecer com um ataque do coração. É a chamada dor torácica de origem não cardíaca.

Pericardite

O pericárdio é a membrana que reveste o coração. Ele tem como função facilitar o movimento do coração durante o ciclo cardíaco. Porém, algumas doenças reumatológicas, autoimunes, oncológicas e até mesmo a tuberculose podem levar à inflamação desta membrana, chamada de pericardite.

Dor muscular

Geralmente, ao realizar atividades físicas mais intensas, o corpo reage com a famosa dor pós-treino, que praticamente todo mundo sabe reconhecer. O problema é quando a pessoa passa muito dos limites e/ou vive um período de grande estresse. Aí, o organismo tem dificuldade de "combater" a inflamação gerada pelo exercício, o que pode levar a dores intensas em várias partes do corpo, como a região do peitoral, que em alguns casos é confundida com um ataque cardíaco.

Costocondrite

É um processo inflamatório que acomete as cartilagens que ligam as costelas ao esterno (osso do tórax). O problema produz dor local, que pode atingir o lado esquerdo do tórax, onde está o coração.

Herpes zoster

A doença causada por vírus tem como sintomas o aparecimento de pequenas bolhas com fundo avermelhado, que podem aumentar de tamanho até furarem naturalmente, deixando uma área de ferida que será coberta por uma crosta e cicatrizará sozinha. Ela se manifesta principalmente quando a imunidade da pessoa está baixa.

Pancreatite

Inflamação do pâncreas, que no caso do tipo agudo, acontece de maneira súbita. "É considerada uma das doenças mais dolorosas da medicina, pois provoca uma dor aguda intensa, que a pessoa não tem posição que melhore. O incômodo se dá no alto da barriga, próximo da boca do estômago e reflete nas costas, parecendo uma facada, bem intensa", conta Guilherme Andrade, gastroenterologista do centro de gastroenterologia do Hospital 9 de Julho, em São Paulo.

Leia mais no UOL VIVA BEM

PUBLICIDADE