Como começar a praticar corrida?

Redação Tarobá News
09/09/2019 10:45
Foto: Divulgação

A corrida é um esporte que caiu no gosto popular e faz bem para a saúde em diversos aspectos. Segundo o educador físico Bruno Gualano, professor da Universidade de São Paulo (USP), ouvido pela Veja, a modalidade aumenta o condicionamento físico, fortalece os músculos, ajuda a emagrecer, combate a insônia, auxilia no controle do colesterol e previne a osteoporose. Além disso, a corrida estimula a produção de endorfina no organismo do atleta -- hormônio que causa sensação de bem-estar.

Entretanto, o profissional alerta que, para obter esses benefícios, é preciso tomar alguns cuidados, porque se uma pessoa não estiver preparada para a atividade, pode desenvolver lesões ou, ainda, agravar problemas preexistentes.

A primeira indicação para pessoas sedentárias ou com doenças crônicas, como hipertensão e diabetes, é fazer um teste ergométrico, que é uma avaliação cardiológica feita por um teste de esforço, para identificar como o organismo reage ao exercício. “Dependendo do resultado, algumas pessoas podem precisar de acompanhamento médico para praticar a corrida”, afirma o educador físico.

Paulo Correia, fisiologista da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), destaca que a preparação inclui um trabalho de fortalecimento muscular, principalmente nas pernas e na região do core, que compreende o abdômen e a lombar. Segundo ele, a cada salto que se dá na corrida, uma perna precisa suportar duas vezes o peso do corpo. Paulo ressalta que, caso a pessoa não se prepare adequadamente, podem surgir problemas crônicos na coluna, joelhos e tornozelos.

A melhor maneira de conseguir condicionamento físico é trabalhar gradativamente. Os especialista apontam que a maneira mais eficiente de praticar o esporte é alternar caminhada e corrida. Correr quinze minutos, cinco vezes por semana, ou trinta minutos, três vezes por semana, podem surtir efeito em apenas quinze dias.

Além da preparação, a escolha do calçado ideal também é determinante. O melhor tênis para a corrida, principalmente para quem está começando, são modelos com solado macio para absorver o impacto, como de tênis asics, adidas, nike e outros próprios para esportes, que evitam lesões nas articulações, principalmente no joelho.

A esteira é uma boa indicação para quem quer começar. Ela oferece vantagens em comparação com a corrida de rua, tanto em diminuir parte do impacto, quanto em ajudar a ter o ritmo. Como um complemento, tanto para quem pretende correr na rua ou em esteira, é recomendado a prática de alongamento após os exercícios, sendo uma ótima forma para evitar lesões e dores musculares nos dias seguintes.

No entanto, para obter resultados consistentes é preciso disciplina. Por isso a frequência de treinamento deve ser contínua para o praticante avançar no esporte. Especialistas afirmam que se o treino for realizado todos os dias por 15 minutos, em uma semana será possível notar uma evolução. Caso a pessoa corra três vezes por semana, os resultados começam em 15 dias, porque tanto a musculatura quanto o sistema cardiopulmonar conseguem se adaptar mais rapidamente ao esporte se a frequência for constante. Nesse sentido é importante respeitar os limites do corpo e não exagerar.