Dicas de saúde para o inverno

Redação Tarobá News
20/05/2019 07:14

Com a chegada do inverno e, consequentemente, do frio, o corpo fica mais vulnerável a uma série de condições.

São muito comuns casos de gripes e de resfriados no inverno, assim como de amidalites e de dores de ouvido, por exemplo.

A baixa temperatura tende a nos deixar mais debilitados, por isso, é preciso atenção redobrada nesta época do ano.

Além das condições típicas do inverno, como as que citamos acima, algumas pessoas sofrem ainda com o agravamento de doenças crônicas ou não como a asma, a rinite, a pneumonia, a bronquite e a sinusite.

A circulação do ar fica bastante dificultada nesta estação, o que favorece a proliferação de ácaros e de bactérias.

Outro motivo do desencadear destas condições é o fato de que, no inverno, passamos a frequentar mais lugares fechados, com pouca ou nenhuma ventilação e com amontoados de pessoas, o que facilita bastante a transmissão.

Além dos cuidados com a saúde de uma forma geral, a pele necessita de bastante atenção durante o inverno. Seja pela exposição à baixa temperatura ou pelo ressecamento, este órgão tende a sofrer bastante nesta época do ano e cuidados direcionados são fundamentais. Acima de tudo, beber muita água é importante.

Tanto para a proteção da pele como para a proteção do corpo em geral. Abaixo separamos 10 dicas de saúde para o inverno. Dar uma lida e começar a se preparar pode ser uma boa opção, de forma a evitar situações desagradáveis com a chegada do frio.


Cuide da roupa de cama e mantenha a casa arejada

É essencial cuidar da roupa de cama, especialmente durante o inverno. Geralmente, os cobertores ficam guardados o ano inteiro, acumulando ácaros.

Manter a casa arejada também é muito importante. A circulação adequada do ar dificulta a proliferação de ácaros e de bactérias. Portanto, adquira o hábito de manter as janelas abertas, mesmo que esteja frio.


Beba água e faça uso de soro fisiológico

A hidratação do corpo humano é essencial para o bom funcionamento do mesmo. Beber bastante água, seja durante o inverno ou durante o verão é, portanto, fundamental. Durante o inverno a pele tende a ficar ressecada, nestas horas, a ingestão de água pode ajudar bastante. Além disto, a água é importante para o controle da circulação sanguínea e para a respiração, assim como para os músculos e o bom funcionamento das células.

O soro fisiológico pode ser utilizado mais ou menos com a mesma finalidade. Isto porque, quando aplicado nas narinas ou na região dos olhos, por exemplo, ele hidrata e umidifica, evitando irritações e facilitando a respiração.


Lave as mãos e evite aglomerações

Lavar as mãos é fundamental, seja no verão ou no inverno. Como no inverno estamos mais vulneráveis a uma série de condições, este hábito adquire importância ainda maior, portanto, não deixe de lavar as mãos sempre antes de cada refeição, de forma a evitar problemas.

Evitar aglomerações é também muito importante durante o inverno. As aglomerações favorecem a transmissão de várias doenças, especialmente quando em locais fechados e sem ventilação. Portanto, procure não ficar em lugares com muitas pessoas, de forma a proteger a saúde dos mais variados transtornos.


Evite carpetes e limpe a casa

Carpetes e cortinas, assim como bichinhos de pelúcia, não devem fazer parte do cotidiano de pessoas que sofrem de rinite alérgica ou de asma. Isto porque, a presença de carpetes, por exemplo, favorece muito a proliferação dos ácaros, o que pode levar ao desenvolvimento da condição ou à piora da mesma.

Manter a casa limpa é também fundamental para evitar a proliferação de microrganismos. Retirar o pó de móveis e limpar o chão com um pano úmido todos os dias é essencial, assim como evitar o levantamento de poeira pela casa.


Não fume e tome as devidas vacinas

O hábito de fumar só traz prejuízos à saúde, especialmente durante o inverno, quando asdoenças respiratórias tendem a se intensificar. A fumaça pode piorar uma rinite, bronquite, sinusite ou asma, por isso, não se deve fumar nestas condições. Ficar longe de pessoas que fumam é também fundamental, visto que a fumaça atinge também aqueles que não fumam.

Por fim, é essencial tomar todas as devidas vacinas antes da chegada do inverno, principalmente idosos e pessoas com o sistema imunológico debilitado. A vacina contra gripe, por exemplo, dá imunidade por volta de um ano, já a vacina contra a pneumonia pode dar proteção por até mesmo mais de 5 anos.


Fonte: Horas da Vida

PUBLICIDADE