Mortalidade por câncer é maior em pacientes com histórico de saúde mental

Redação Tarobá News
11/03/2019 07:42

Um estudo publicado no periódico British Journal of Cancer sugere que problemas de saúde mental podem aumentar o risco de morrer por câncer após o diagnóstico.

- Como o estudo foi feito Os pesquisadores examinaram os registros de mais de 675 mil pessoas que receberam diagnóstico de câncer entre 1997 e 2014. 

- A equipe se concentrou em um dos 10 tipos mais comuns de câncer: próstata, mama, pulmão, bexiga, colorretal, melanoma, endométrio, tireoide ou bucal.

- Quase 50% dos pacientes foram submetidos a uma avaliação psiquiátrica e cerca de 7900 receberam ajuda psiquiátrica urgente.

- Ao analisar os resultados, os autores descobriram que o risco de morte relacionada ao câncer aumentou junto com o nível de ajuda psiquiátrica que os pacientes recebiam e precisavam.

- Um dos autores da pesquisa, Zachary Klaassen, acredita que o estresse psicológico, que frequentemente acompanha esse tipo de pacientes, pode afetar os mecanismos naturais de defesa do corpo. "A depressão e o estresse maiores podem afetar os sistemas de vigilância imunológica do nosso corpo, impedindo efetivamente a capacidade de detectar e combater o câncer".


Por que cuidar da saúde mental é tão importante?

Embora muitas pessoas achem luxo falar de saúde mental, saiba que a história não é bem assim. Além de ser tão importante quanto a saúde física, olhar para "sintomas" internos também é essencial para evitar doenças no futuro. 


PUBLICIDADE