Workshop a jornalistas destaca importância do respeito ao solo

Redação Tarobá News
05/02/2020 11:38
Assessoria

Tratar o solo com o respeito que ele merece e aplicar as tecnologias corretas e já disponíveis para obter dele os melhores resultados ao agricultor, à economia e ao meio ambiente. Essa foi a síntese de workshop a jornalistas realizado na manhã desta quarta-feira em um dos ambientes da Embrapa no 32º Show Rural Coopavel. O evento foi organizado com apoio da Ocepar e da Coopavel.

O coordenador geral do Show Rural, o agrônomo Rogério Rizzardi, destacou a relevância do solo na produção de alimentos. “Entender corretamente como tratá-lo, aperfeiçoar tecnologias e fazer com que, além de alcançar o público certo, elas cheguem rápida e eficiente ao agricultor é um grande desafio”.

Rizzardi afirmou que hoje a grande maioria dos produtores rurais alcança produtividade média de 60 sacas de soja por hectare, mas existem aqueles com cem e no Show Rural há tecnologias disponíveis para produtividades de mais de 120 sacas por hectare. “Imaginem o que isso representa para os produtores, para a economia e para o País. Se tudo for feito como se recomenda, e dando-se a devida atenção ao perfil de solo, em poucos anos o Brasil será o maior produtor de alimentos do mundo, com produção superior aos 500 milhões de toneladas por ano”, diz o agrônomo.

Equilíbrio

O agrônomo da Embrapa, Alvadi Antônio Balbinot Júnior, apresentou informações sobre solo, meio ambiente, erosão, técnicas e quanto aos cuidados para que as produções possam garantir todo o seu potencial. “Um dos aspectos mais importantes de todo esse processo é o equilíbrio. Todas as fases são igualmente relevantes para alcançar a produtividade pretendida. E não adianta utilizar sementes de alta tecnologia em solo que não foi cuidadosamente preparado”, disse o agrônomo. Balbinot deu detalhes sobre o plantio direto, técnica desenvolvida no Paraná e que permitiu avanços econômicos e ambientais significativos.

O workshop aos jornalistas, que já é uma tradição da Embrapa no Show Rural Coopavel, busca oferecer mais subsídios aos profissionais de imprensa na produção de reportagens. “Vocês são essenciais na comunicação de informações que mostrem e evidenciem a capacidade do agronegócio brasileiro. E quanto mais souberem sobre essas culturas e suas características e particularidades, melhor”, enfatizou Rogério Rizzardi. O diretor de Comunicação Social da Ocepar, Samuel Miléo Filho, aproveitou a presença dos profissionais para informar sobre a 14ª edição do Prêmio Ocepar de Jornalismo, que premiará trabalhos que tratam sobre assuntos ligados ao cooperativismo.


Crédito: Assessoria