5 perguntas: Atividade física na 3ª idade

Unimed Cascavel
22/08/2019 07:08

 Especialista em Cuidados Paliativos pelo Instituto Paliar, o fisioterapeuta Rogério Adriano Abe, consultor do Grupo Asas e responsável pela fisioterapia no Programa de Residência em Saúde do Idoso em Cuidados Paliativos do ICHCFMUSP respondeu cinco questões fundamentais para a saúde dos idosos, em relação ao tema ‘Exercício Físico: Longevidade e Qualidade de Vida’.


Unimed Cascavel 

1Qual a importância da atividade física na terceira idade?

Rogério Abe - A atividade física é importante em qualquer idade. Porém, especificamente no grupo de pessoas da terceira idade, desde que feita de maneira correta e acompanhada por um especialista, traz benefícios como melhoria na capacidade psicomotora, diminuição nos riscos de doenças cardiovasculares, melhora no tônus muscular, melhora no equilíbrio com consequente diminuição no risco de quedas, dentre outros benefícios físicos, além dos benefícios psicológicos e nas relações sociais e com meio ambiente.


Unimed Cascavel 

2 Por que as pessoas têm tanta dificuldade em iniciar uma atividade física?

RA – Alguns fatores decorrentes da própria idade colaboram para essa dificuldade, a exemplo do declínio funcional e das questões emocionais e sociais. Quanto menor o grau de escolaridade, menor é a aderência do idoso à atividade física, e o cenário é mais desfavorável para as mulheres. As queixas mais comuns para não iniciar uma atividade física são: falta de companhia, falta de energia, sentir‐se muito cansado ou desmotivado. 


Unimed Cascavel 

3Quais são recomendações para as pessoas que sempre foram sedentárias iniciarem uma atividade do zero, na terceira idade?

RA – Independentemente do histórico do idoso, é possível iniciar um programa de atividade física, mesmo para pessoas que sempre foram sedentárias. O principal cuidado é fazer uma avaliação detalhada da robustez física e psíquica do idoso. Para isso, se faz necessária a presença de profissionais qualificados nessa avaliação. Caso o idoso esteja apto a realizar a atividade física, é importante a elaboração de um bom programa com acompanhamento de um profissional.


Unimed Cascavel 

4Quais são os cuidados para pessoas que têm doenças crônicas fazerem atividade física?

Ra – Contrariando o que a maior parte dos portadores de doenças crônicas imaginam, a atividade física traz muitos benefícios e, entre eles, está a possibilidade de diminuir o uso de remédios ou, até mesmo, deixar de tomá-los. Isso posto, antes de iniciar uma rotina de treino físico, é necessário consultar um médico para entender possibilidades e limites dos exercícios a serem aplicados. Dependendo a doença (cardíaca, diabetes, obesidade, doenças respiratórias, problemas de coluna, doenças renais, etc.), se faz necessário adaptar a planilha de treinamentos. Porém, os exercícios aeróbicos de intensidade leve, a exemplo das caminhadas, são benéficos para os portadores da maior parte das doenças.


Unimed Cascavel 

5 Qual é a  mensagem para as pessoas que estão na terceira idade e que ainda estão pensando se iniciam ou não uma atividade física?

RA –O envelhecimento ativo, seja ele no trabalho ou na prática de atividade física, é parte fundamental da manutenção de uma boa qualidade de vida. É óbvio que existem pessoas que nunca praticaram nenhuma atividade física e se sentem bem assim. Porém, mesmo para essas pessoas a socialização promovida pela prática dessas atividades - normalmente realizadas em grupos - e a melhora na resistência para realização das atividades do dia a dia serão notadas quase que de imediato, o que tornará a atividade física um mal - ou bem - necessário na rotina diária.


A Unimed Cascavel coloca à disposição dos beneficiários com mais de 60 anos de idade dois projetos especiais do setor de Medicina Preventiva: 

Idoso Bem Cuidado

Iniciativa desenvolvida pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) que propõe um modelo inovador de atenção aos idosos. A intenção da Unimed Cascavel é oferecer cuidado integral, por meio dos pilares da Atenção Primária, adotando medidas que contam com o apoio de uma equipe multidisciplinar para auxiliar a conduzir os participantes a um processo de envelhecimento ativo, garantindo a prevenção, a reabilitação, o bem-estar e a qualidade de vida. 

Para envelhecer bem é preciso ter saúde, amigos e orgulho da própria história. A Unimed Cascavel acredita ser preciso oferecer uma vida ativa e feliz aos beneficiários da terceira idade. Por isso, às terças-feiras, oferece oficinas de memória, nutrição e atividade física. Às Quintas, memória, conhecimento e mais atividade física, incluindo pilates, dança, além de consultas médicas e acompanhamento de enfermagem.


Bem Viver 

Desenvolve atividades físicas e motoras para os participantes, que são acompanhados por uma equipe multidisciplinar. São alongamentos, exercícios de fortalecimento, trabalhos de coordenação motora, integração, equilíbrio e dança.

O projeto é exclusivo para beneficiários Unimed Cascavel, com idade igual ou superior a 60 anos. 


Clique AQUI e inscreva-se.

Cuidar de você. Esse é o plano.