Alerta: É a sua vez de se vacinar contra a gripe

Unimed Cascavel
03/06/2019 09:06

O Paraná ficou em 9º lugar no ranking nacional da campanha de vacinação contra a gripe, que foi entre 10 de abril e 31 de maio. O estado conseguiu imunizar 82,04% do público alvo, composto por crianças de seis meses até seis anos incompletos, gestantes, mulheres que deram à luz nos últimos 45 dias, idosos, doentes crônicos, índios, profissionais da saúde, professores e população carcerária. A média nacional chegou a 75,08% dos grupos prioritários. O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, anunciou que a partir de segunda-feira, 3 de junho, as doses que restaram estarão disponíveis nas unidades de saúde para toda a população.

Em Cascavel, três casos de morte por gripe H1N1 foram confirmados só neste ano. Todos eles de pessoas que faziam parte dos grupos que tinham direito à vacina durante a campanha. A vacina (que protege contra quatro variações do vírus) também está à venda na rede particular de saúde. Ela é recomendada a qualquer pessoa que não esteja passando por um quadro de febre e que não seja alérgica a ovo.

“Além da importância fundamental da vacina, o uso do álcool em gel para a higienização das mãos e até de móveis é extremamente importante e eficaz para evitar a contaminação pelo vírus. Esse tipo de cuidado foi muito difundido em 2009, durante a pandemia, mas as pessoas precisam retomar”, reforça Vinicius André Guerra, pneumologista da Unimed Cascavel.


Pandemia

Em 2009, uma pandemia de gripe H1N1 matou mais de duas mil pessoas, em todo o Brasil. Naquela ocasião, com medo do novo vírus, uma série de medidas passaram a ser adotadas, a exemplo do uso do álcool gel para higienização das mãos e até de máscaras para evitar a proliferação, que se dá por meio das gotículas de saliva.

De lá para cá, tais cuidados caíram em desuso. Por isso, a Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Saúde de Cascavel chegou a divulgar uma lista de precauções que podem aumentar a segurança da sua saúde e a da sua família também:

• Frequente higienização das mãos, principalmente antes de consumir algum alimento;
• Utilizar lenço descartável para higiene nasal;
• Cobrir nariz e boca quando espirrar ou tossir;
• Evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca;
• Higienizar as mãos após tossir ou espirrar;
• Não compartilhar objetos de uso pessoal, como talheres, pratos, copos ou garrafas;
• Manter os ambientes bem ventilados;
• Evitar contato próximo a pessoas que apresentem sinais ou sintomas de influenza;
• Se estiver com gripe, evitar sair de casa em período de transmissão da doença, especialmente até 24h após cessar a febre;
• Evitar aglomerações e ambientes fechados (procurar manter os ambientes ventilados);
• Adotar hábitos saudáveis, como alimentação balanceada e ingestão de líquidos;
• Procurar assistência médica aos primeiros sintomas.

A estação mais fria do ano ainda vai começar. Proteja-se!