Novos hábitos de vida melhoram qualidade da saúde

Unimed Cascavel
03/06/2019 09:08

Mesmo depois da comprovação científica de tantos malefícios causados pelo cigarro (problemas circulatórios, doenças respiratórias e até câncer) o mau hábito de fumar ainda tem sido uma espécie de ‘válvula de escape’. Foi assim durante 30 anos na vida da Salete Vitória (no centro da foto acima). “O médico sempre alertava que eu precisava parar, mas eu não conseguia”, conta a professora aposentada que aproveitava qualquer tempo livre para acender um cigarro.

Há pouco mais de quatro anos, Salete sofreu um AVC que comprometeu o raciocínio e a memória. “O médico disse que o derrame teve relação com o tabagismo, mas não adiantava me falar. Eu tive que ir me preparando emocionalmente até que falei: ‘é hoje’. A pessoa tem que querer parar, e eu quis”, revela a ex-fumante, cheia de determinação. Em maio, Salete completou um mês sem fumar. São exemplos assim que fazem a Unimed Cascavel defender a ideia de que mudar hábitos promovem a vida.


Parar de fumar engorda?

A reposta dessa pergunta costuma ser uma das desculpas para quem mantém o hábito de fumar. De acordo com a nutricionista Francielle Salvatti, do Centro de Atenção à Saúde da Unimed Cascavel, quem larga o cigarro tente sim a ganhar peso. Porém, a reeducação alimentar e a prática de exercícios físicos resolvem essa questão e, de quebra, ainda promovem vários outros benefícios. “Quando uma pessoa começa o processo de parar de fumar ela já pode também pensar nesta reeducação alimentar e a fazer alguma atividade. Isso vai facilitar”, incentiva.

Mude1Hábito

A campanha Mude1Hábito estimula as pessoas a fazerem pequenas ou grandes transformações para viverem melhor. Seja parar de fumar, começar a beber mais água, optar pela escala em vez do elevador, caminhar, fazer academia, parar de comer frituras, largar o consumo de refrigerantes... É uma longa lista de ações que têm como resultado a melhora da qualidade de vida de quem decidem mudar, nem que seja um hábito.

Beba água!

Seja qual for a sua rotina, aumentar o consumo de água pode ser a sua primeira mudança de hábito. É sempre possível e nem exige tanto esforço. Para saber a quantidade diária ideal de água para cada pessoa, faça o seguinte cálculo: 35ml de água para cada peso corporal. Ou seja: uma pessoa de 80kg deve tomar 2,8 litros de água por dia, o que corresponde a 14 copos.

TOP 9 dos benefícios da água

1 • Traz mais disposição
A água é o principal componente do sangue. Quanto mais H2O, mais líquido vermelho haverá correndo nas suas veias. Isso aumenta o transporte de nutrientes por todo o corpo, inclusive para o cérebro, que tem todas as funções otimizadas.

2 • Melhora a memória
Isso se dá não só porque o cérebro recebe mais nutrientes por meio do sangue, mas também porque certas reações químicas que acontecem nele - a formação da memória, por exemplo - também dependem da presença da água para acontecer.

3 • Emagrece
em 2010, a Universidade Virginia Tech, nos Estados Unidos, fez um estudo com 55 voluntários, todos acima do peso e fazendo dieta, e verificou que houve uma perda significativa de peso entre os que estavam ingerindo dois copos de água antes das refeições. Muitas vezes, comemos além do que precisamos por sede e não por fome. O corpo pode confundir as sensações. É por isso que um organismo hidratado pede menos comida.

4 • Diminui a dor após os exercícios
Quando nos exercitamos além do que o nosso condicionamento permite, o corpo produz uma substância chamada ácido lático, que é responsável pelas famosas dores musculares comuns depois da prática de exercícios. Quanto mais água presente no organismo, melhor essa substância é filtrada e diluída no organismo, diminuindo a dor.

5 • Regula o intestino
A água é essencial para que os processos de absorção, digestão e excreção de alimentos funcionem ‘como um reloginho’. Com mais líquido, as fezes ficam mais hidratadas e aumentam de volume, favorecendo os movimentos de expulsão do alimento do corpo durante o processo digestivo.

6 • Desacelera o envelhecimento da pele
A chave para que isso aconteça está no intestino: quando bem hidratado, o órgão é capaz de absorver melhor as proteínas da comida. Por sua vez, tais proteínas ajudam a repor o colágeno (que dá firmeza e sustentação à pele).

7 • Aumenta a imunidade
A ingestão de água reduz o risco de resfriados e infecções, já que o líquido traz mais fluidez para as secreções pulmonares. Assim, a água ajuda a eliminar com mais facilidade os vírus e as bactérias do organismo, evitando enfermidades.

8 • Atenua as acnes
Quando a flora intestinal está desidratada e, portanto, em desequilíbrio, ela perde a capacidade de filtrar agentes inflamatórios e toxinas, que acabam caindo direto na corrente sanguínea, predispondo o organismo a inflamações e também a um estado chamado de resistência insulínica que, por sua vez, libera hormônios que favorecem o surgimento da acne.

9 • Proporciona um sono melhor
É no intestino que é produzida boa parte de certos neurotransmissores, como a melatonina e a serotonina, que regulam o sono. Para que essa produção ocorra de maneira satisfatória, no entanto, o intestino precisa estar bem hidratado. Dessa forma, a flora intestinal produzirá mais bactérias benéficas que, por sua vez, auxiliam na produção desses neurotransmissores.

Faça o melhor para a sua vida. Escolha uma mudança e mãos à obra. Poste nas redes sociais as fotos da iniciativa que você escolheu para viver melhor e use a hashtag #mude1hábito.

Mude1Hábito. Esse é o plano.