Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel

Alimentação saudável é capaz de ajudar na prevenção do câncer

29/08/23 às 10:43 - Escrito por Redação Tarobá News
siga o Tarobá News no Google News!

Dados publicados pelo Instituto Nacional de Câncer (INCA, 2022), evidenciam que pelo menos 30% dos casos de câncer poderiam ser prevenidos com um estilo de vida mais saudável. Entre os fatores que fazem parte de uma rotina saudável, está a alimentação. Refeições balanceadas contribuem para a melhora do humor, maior qualidade do sono, aumento da imunidade e prevenção de doenças, incluindo o câncer.


De acordo com o Guia Alimentar para a População Brasileira, alimentos in natura ou minimamente processados devem compor a base da alimentação. Vegetais, frutas e carnes, por exemplo. O médico oncologista do CEONC Hospital do Câncer, doutor Bruno Kunz Bereza, explica sobre a relação entre alimentação e câncer. O profissional atua com foco na área gastrointestinal.


“Inúmeras pesquisas mostram que o consumo excessivo de ultraprocessados e industrializados, como refrigerante e salgadinhos, é um fator de risco para doença”, afirma. O doutor Bruno informa também que leguminosas, verduras, cereais, frutas e outros alimentos naturais contribuem para a prevenção do câncer.

Leia mais:

Imagem de destaque
INVESTIGAÇÃO

Delegado fala sobre casos de homicídios registrados em Cascavel

Imagem de destaque
POLICIAL

Mulher é presa por roubo agravado no bairro Cataratas

Imagem de destaque
ZONA LESTE

Proprietária de imóvel alvo de reclamações diz que trabalha com recicláveis

Delegacia da Mulher em Londrina
APROVADO PELA CÂMARA

Pedido visa garantir funcionamento da Delegacia da Mulher por 24 horas


Além disso, o oncologista expõe uma preocupação da área da saúde. “Infelizmente, existem muitos mitos sobre a alimentação e o câncer que dificultam que as pessoas saibam quais informações são verídicas ou não”, relata. Adoçantes, margarina e carne vermelha com preparo inadequado são alguns exemplos de comidas que supostamente causariam o câncer. “Realmente, alguns alimentos não são recomendáveis em uma dieta, mas o problema não está na ingestão, e sim no excesso”, o médico elucida.


Nutrição e oncologia

Para saber como fazer as escolhas alimentares adequadas, o doutor Bruno recomenda consultas com nutricionistas. “Os profissionais da nutrição são os mais capacitados para prescrever a alimentação do paciente, de acordo com seu estado de saúde, peso e necessidades”, comenta.


A alimentação saudável é recomendada para todos, especialmente para os pacientes oncológicos.


Assessoria 

© Copyright 2023 Grupo Tarobá