Linha 4

Publicidade

FC Cascavel tem a melhor campanha da Série D do Brasileiro

Luciano Neves

Robinho marcou duas vezes na goleada sobre o Rio Branco. Fotos Felipe Fachini

Faltam 13 jogos para o acesso à Série C. Essa é a jornada que o FC Cascavel ainda precisa enfrentar para subir para a terceira divisão nacional. Evidentemente que o técnico Tcheco não pensa dessa forma e prefere trabalhar com um objetivo distinto a cada jogo. Mas os números da equipe na temporada aumentam a crença no acesso. O FC Cascavel terminou o primeiro turno da Série D do Campeonato Brasileiro com a melhor campanha da fase de grupos. Neste domingo (18), o time de Tcheco goleou o Rio Branco de Paranaguá por 4 a 1, no duelo de paranaenses. O time havia perdido a liderança do Grupo 8 para o Joinville, que venceu o Esportivo por 1 a 0 na abertura da rodada. Mas com a goleada sobre o Leão da Estradinha, o FC Cascavel reassumiu a ponta com 17 pontos. O time paranaense tem campanha idêntica à do Castanhal, que lidera o Grupo 1 com os mesmos 17 pontos. Os dois times têm cinco vitórias e dois empates em sete jogos nesta Série D. Ambos balançaram as redes 15 vezes na competição e sofreram sete gols, portanto, têm um saldo positivo de oito. O time ainda está invicto na Série D. Aliás, em 22 jogos na temporada, o FC Cascavel sofreu apenas uma derrota. Foi para o Avaí por 2 a 0, na segunda fase da Copa do Brasil.

Léo Itaperuna chegou a 15 gols com a camisa do clubeLéo Itaperuna chegou a 15 gols com a camisa do clube 

Os gols

O jogo contra o Rio Branco foi marcante para Léo Itaperuna. Ele abriu o caminho para a goleada, chegou ao sexto gol na Série D, o 11o  na temporada e 15o  com a camisa do FC Cascavel. Desse modo, ele se tornou o maior artilheiro da história do clube. Robinho também tem ótimos números no FC Cascavel. Ele marcou dois gols neste domingo, o primeiro de pênalti e o segundo com bola rolando. Ele chegou a cinco na Série D e é o vice-artilheiro do time na temporada com dez gols.

Bruno Lopes descontou para o Rio Branco, mas  Vinicius Balotelli, que se destacou na temporada passada com a camisa do Leão da Estradinha, marcou de pênalti o seu primeiro gol com a camisa do FC Cascavel.

O líder do Grupo 8 abre o returno da Série D no próximo sábado (24) quando recebe o Rio Branco de Paranaguá, no Estádio Olímpico Regional.


Gol histórico

Com o gol marcado na partida contra o Rio Branco, Léo Itaperuna, ou como a torcida gosta de chamá-lo "Itapemito", chegou a marca de incríveis 15 tentos com a camisa aurinegra do Cascavel.

Contratado em setembro de 2020 para a disputa do Brasileiro, o atacante balançou as redes em quatro oportunidades naquele ano. Já nesta temporada, somando Copa do Brasil, Campeonato Paranaense e Série D, Léo já alcançou a marca de 11 gols.

Esses números o tornam o maior artilheiro da história do Futebol Clube Cascavel em seus 13 anos de existência, deixando para trás Lucas Tocantins (14 gols) e Paulo Baya (10 gols).

“Partida difícil assim como todas as outras da Série D. Sabíamos das adversidades e do adversário, mas conseguimos construir o placar e manter a liderança. Estou muito feliz por ter alcançado esta marca de 15 gols, ser o maior artilheiro da história do clube. Isso só me dá mais motivação para continuar trabalhando para conquistar nossos objetivos neste ano. Não posso deixar de agradecer minha família, amigos e todo o elenco que contribuiu muito para chegar até aqui”, comentou o atacante.


Os artigos dos blogs não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor do texto.

COMENTÁRIOS

Publicidade

Publicidade