Tatá Werneck conta que pensa em ter outro filho: 'quero adotar'

Estadão Conteúdo
Famosos | Publicado em 02/07/2020 às 16:20

Foto: Instagram

A atriz Tatá Werneck participou de uma entrevista no canal do YouTube de Thais Fersoza na quarta-feira, 1º, e revelou que tem vontade de ter outro filho. Atualmente em um relacionamento com o ator Rafael Vitti, os dois são pais de Clara Maria, que nasceu em outubro de 2019.

Thais perguntou para Tatá sobre as dificuldades da gravidez e se elas fizeram com que a atriz perdesse a vontade de ter outros filhos, mas Tatá negou. "Eu quero ter outro filho. Porque… eu não sei nem se biológico, eu sei que quero adotar também, quero ter outro filho, quero ser mãe novamente", comentou Tatá, ressaltando que o amor pela criança compensa qualquer dificuldade na gravidez.

A atriz comentou sobre os efeitos da pandemia do novo coronavírus nos meses seguintes ao parto: "eu fiquei bem doida mesmo, foi difícil porque eu não achei que ia ter depressão pós-parto. Nem sei se tive, porque eu não tive tempo de ir a médico, nada, porque estou na quarentena, mas fiquei com muito medo depois que ela nasceu".

Tatá comentou que ficou "super protetora", algo reforçado por causa da pandemia, e que o apoio de Rafael Vitti foi essencial para acalmá-la. "Rafa é uma pessoa muito companheira, parceira. Se ele não tivesse me ajudando eu nem sei, porque ele é muito tranquilo.", contou a atriz.



Relacionados

Famosos | 29-06-2020 11:50

Malvino Salvador e Kyra Gracie fazem chá revelação por chamada de vídeo

Malvino Salvador e Kyra Gracie fazem chá revelação por chamada de vídeo

Famosos | 29-06-2020 10:53

Zé Neto testa positivo para covid-19 e pede a fãs que tenham cuidado

Zé Neto testa positivo para covid-19 e pede a fãs que tenham cuidado

Famosos | 26-06-2020 08:45

Anitta é internada com trombose em hospital no Rio de Janeiro

Anitta é internada com trombose em hospital no Rio de Janeiro

Famosos | 22-06-2020 13:50

Justin Bieber usa redes sociais para se defender de acusação de estupro

Justin Bieber usa redes sociais para se defender de acusação de estupro