Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel

Cascavel Futsal é derrotado pelo Atlântico de Erechim e está em desvantagem nas semifinais da LNF

27/11/23 às 22:37 - Escrito por Luciano Neves
siga o Tarobá News no Google News!

O Cascavel Futsal fez, na noite desta segunda-feira (27), o seu último jogo em casa nesta temporada. A equipe só voltará a atuar em seus domínios em 2024. A equipe de Lucas Chioro fez o jogo de ida das semifinais da Liga Nacional no ginásio da Associação Atlética Coopavel e recebeu o Atlântico de Erechim. Os dois semifinalistas da Liga Nacional têm uma característica em comum: ambos têm vocação ofensiva. Logo, o duelo teve um placar atípico, bem diferente dos dois duelos entre eles nas semifinais da Liga Nacional do ano passado. Na ocasião, foram apenas cinco gols nos dois jogos. No confronto de ida nesta edição da Liga foram 17 gols. O detalhe é que a defesa do Cascavel Futsal foi castigada pelo melhor ataque da competição. A Serpente Tricolor foi derrotada dentro de casa por 10 a 7. Foi de longe o jogo em que o time de Chioro mais sofreu gols na temporada. Aliás, o time sentiu a falta do goleiro Matheus que se lesionou às vésperas do jogo decisivo. E Fernando, que assumiu a posição, pagou a conta.

O time gaúcho, que busca o primeiro título da Liga, chegou a incríveis 136 gols nesta edição do torneio. Este é um dos ataques mais produtivos da história da Liga Nacional. O resultado também evidenciou outra grande qualidade do Galo: a de melhor visitante de toda a competição. Até agora são onze vitórias, um empate e duas derrotas jogando fora de casa. O Atlântico tem dois atletas que lutam pela artilharia da Liga. Richard balançou as redes uma vez na partida e chegou a 28 na competição. William Bolt balançou as redes duas vezes e chegou a 24.

Com tanto gol no mesmo jogo, fica até difícil manter a contagem. O Cascavel Futsal até marcou primeiro com Gessé. Mas a virada do Atlântico veio com os dois gols de William e Jean Gaúcho. O Cascavel Futsal conseguiu o empate com Jhony e Selbach. Porém, Richard fez o quarto do Atlântico, o 28º dele na Liga. Carlão empatou de novo. Chape fez 5 a 4. Neguinho fez o sexto e o sétimo gols do Atlântico. O Cascavel Futsal descontou com Zequinha. Esse foi o placar do primeiro tempo.

Leia mais:

Imagem de destaque
Paraciclismo

Tarobá Esporte: Luciano Neves entrevista Altair Antônio Alves, presidente da APAC

Imagem de destaque
FUTSAL FEMININO

Três atletas do Stein Cascavel são convocadas para a Seleção Brasileira de Futsal Feminino

Imagem de destaque
PARANAENSE 2024

Cascavel quer evitar um novo confronto contra o Coxa nas quartas de final

Imagem de destaque
PRÉ-TEMPORADA

Cascavel Futsal reencontra a torcida em amistoso neste sábado contra o Xavantes

Na etapa final, o estreante Vitinho, que reforçou o Cascavel Futsal, nesta reta final da temporada. E marcou um gol em sua primeira partida com a camisa 99. No entanto, Chape fez 8 a 6. Thales manteve o Cascavel Futsal vivo na partida. Ele foi o autor do centésimo gol da Serpente Tricolor na Liga. Mas Chape marcou o nono gol dos gaúchos. E Suelton marcou o décimo gol do Atlântico em cobrança de tiro-livre.

 

Como reverter?

Com a derrota no jogo de ida das semifinais da Liga Nacional, o Cascavel Futsal ampliou o jejum diante dos gaúchos. Agora, são nove jogos sem vencer o Atlântico. A última derrota ocorreu na edição de 2019 da LNF. Mas para chegar pela segunda vez na decisão do torneio, a Serpente Tricolor precisará de uma vitória dupla na partida de volta, que será na próxima segunda (04). Terá que vencer no tempo normal e na prorrogação. O Atlântico só precisa de um empate para avançar para mais uma final. 

© Copyright 2023 Grupo Tarobá