Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel

Di Fanti, goleiro do Cascavel Futsal, projeta a temporada de 2024 e quer mais um título da Libertadores

20/02/24 às 18:29 - Escrito por Luciano Neves
siga o Tarobá News no Google News!

Todo o goleiro que chega ao Cascavel Futsal já veste a camisa do clube com uma responsabilidade grandes. Isso porque, ao longo dos anos, essa sempre foi uma posição de destaque. Foi assim nos tempos de Donny, o ‘Paredonny’, que foi decisivo e ajudou o time a ser tornar o maior do Paraná com as conquistas estaduais. Vários outros goleiros depois dele deixaram suas marcas. Foi o caso de Deivd, este com menor intensidade, André Deko, arqueiro de dois títulos estaduais e da Liga Nacional na época de Cassiano Klein. No ano passado, Matheus, que hoje veste a camisa do Joinville, foi o grande destaque da Liga Nacional com a camisa do Cascavel Futsal. Foi o goleiro artilheiro do torneio. E também deixou a sua marca na conquista do bicampeonato da Libertadores da América.

E agora será que chegou a vez de Di Fanti? A pergunta parece um tanto quanto inoportuna, já que o goleiro chegou ao clube em meados de 2022, depois da saída de André Deko e Deivão. Foi uma contratação necessária por assim dizer. Di Fanti foi o arqueiro cascavelense no restante daquela temporada e, num curto espaço de tempo, conseguiu deixar sua marca com a camisa do Cascavel Futsal. Foi o goleiro que defendeu a equipe na campanha do primeiro título da Libertadores. Também foi o goleiro do vice estadual. No entanto, já no fim daquela mesma temporada sofreu uma séria lesão que o afastou das quadras praticamente por toda a temporada passada. Foram raríssimas aparições atuando pela equipe, como na fatídica partida de ida das semifinais da Liga Nacional, em que o Cascavel Futsal sofreu dez gols, não por falhas de Di Fanti, que só entrou no segundo tempo do jogo contra os gaúchos. Por conta desse longo período afastado, Di Fanti tenha ficado esquecido pela torcida. Até porque, em 2023, o Cascavel Futsal contou com a grande atuação de Matheus, que caiu nas graças da torcida.

Agora, o panorama é outro para o experiente Di Fanti. É por isso que vale a pergunta: é a vez dele? Isso porque, na formatação do novo elenco para temporada, o camisa 20 passou de mero coadjuvante para o principal goleiro. O Cascavel Futsal conta também com Jacky, contratado para este ano, com o jovem Nicolas, de 17 anos, que veio de Maringá, e com Ovelha, que é prata da casa. “Foi um ano complicado em 2023. Fiquei a temporada inteira praticamente fora. Foram onze meses de recuperação, mas graças a Deus já passou, estou recuperado. É importante fazer toda a pré-temporada junto com a equipe, é uma pré-temporada intensa, e esse é um período muito importante para o ano. Espero ser um ano maravilhoso pra todos nós”, disse o jogador.

Leia mais:

Imagem de destaque
JOGOS ESCOLARES

Semifinais do futsal masculino nos JEPS serão realizadas nesta quinta-feira

Imagem de destaque

Atacante Peu é reforço do Cascavel para a Série D

Imagem de destaque
FUTSAL

Stein Cascavel goleia o Cianorte na estreia pelo estadual

Imagem de destaque
SÉRIE OURO

Marreco goleia o Campo Mourão e assume a liderança da Série Ouro

 

Libertadores

Em 2022, Di Fanti foi o goleiro na primeira conquista da Libertadores, na Argentina. E neste ano, o Cascavel Futsal volta ao país vizinho, agora para buscar o tricampeonato. A Conmebol confirmou a Libertadores de Futsal para os dias 19 a 26 de maio, na Argentina. Ou seja, Di Fanti tentará ser protagonista mais uma vez. “Temos três competições muito importantes, o Paranaense, a Liga e a Libertadores. Esse é um torneio que é resolvido em dez dias praticamente. Seguimos trabalhando com a estreia do Paranaense. E depois a Libertadores passa a ser o nosso foco total. Esse ano buscamos o tricampeonato”, disse. 

© Copyright 2023 Grupo Tarobá