Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel

Etapa final da Gold Racing é comemorativa aos 50 anos do autódromo de Cascavel

13/10/23 às 16:33 - Escrito por Luciano Neves
siga o Tarobá News no Google News!

Inaugurado em 22 de abril de 1973, o Autódromo Internacional de Cascavel completa nesta temporada 50 anos de uma história que terá sua celebração marcada neste fim de semana, com a realização das corridas finais dos campeonatos da Gold Classic e da Gold Turismo. O domingo (15) será marcado por uma programação composta por seis corridas, totalizando mais de 80 carros de competição.

Batizado como Autódromo Zilmar Beux de Cascavel desde 2012, ano da reforma que o devolveu ao calendário nacional, o circuito paranaense proporciona as maiores médias de velocidade do automobilismo brasileiro. Stock Car, Porsche Cup, GT Brasil, Copa Truck, Nascar Brasil, Turismo Nacional, Copa HB20, TCR e Endurance Brasil estão entre as categorias que marcaram etapas para o local desde então.

A Gold Racing tem uma ligação especial com o autódromo cascavelense. “Foi onde as duas categorias nasceram, na verdade”, atribui o narrador Luc Monteiro, organizador da Gold Classic e da Gold Turismo – e ele próprio um cidadão de Cascavel. Foram estas, inclusive, as categorias que responderam em 2021 e 2022 pela 35ª e a 36ª edição da Cascavel de Ouro, um dos eventos mais tradicionais do Brasil.

Leia mais:

Imagem de destaque
FUTSAL

Tarobá Esporte: elenco Sub-20 do Stein Cascavel inicia a pré-temporada

Imagem de destaque
PARANAENSE 2024

Vaga nas quartas do Paranaense sob ameaça para Cascavel

Imagem de destaque
PARANAENSE 2024

Já é hora de o Cascavel usar a calculadora no Estadual?

Imagem de destaque
PARANAENSE 2024

Líder Furacão visita o Londrina na abertura da oitava rodada do Estadual

Além da premiação no pódio aos cinco primeiros colocados de cada classe da Gold Turismo e da Gold Classic, o Automóvel Clube de Cascavel oferecerá aos vencedores de cada classe troféus especiais que marcam a celebração do cinquentenário do autódromo. “Atingimos nosso jubileu de ouro num momento em que nosso autódromo está em alta”, observa o presidente da entidade, Edson Massaro.

A programação de treinos para a etapa final dos dois campeonatos teve início ontem seguirá neste sábado (14), dia das tomadas de tempo classificatórias. Na Gold Turismo, a programação do domingo prevê quatro corridas, com largadas previstas para 8h40, 10h10, 12h40 e 14h10. A etapa final da Gold Classic será composta por duas corridas, marcadas para começar às 11h20 e

A Gold Classic foi criada para servir como evento preliminar da Cascavel de Ouro de 2018. O planejamento inicial de uma edição única acabou sendo repetido até que, em 2020, assumiu a condição de Campeonato Interestadual, tendo estabelecido recorde de participantes na primeira etapa da temporada de 2021, que reuniu nada menos que 66 carros no grid do autódromo de Interlagos, em São Paulo.

No campeonato de 2023 a Gold Classic chega a Cascavel com dois de seus cinco títulos já conquistados por pilotos paulistas. Na classe Premium, a dos carros mais velozes, Caio Lacerda tem o bicampeonato assegurado desde a etapa de setembro no Velocitta, competindo com o Aldee-VW da HT Guerra. Pela Divisão 4, Rogério Barbato, piloto do Chevrolet Omega da RTC Competições, é campeão antecipado.

Na Divisão 3, a vantagem é do carioca Carlão Estites, com o Ford Escort da FRT. Os paranaenses Thiago Brandt e Rafael Schuhli, pilotos do Aldee-VW e do Puma GTE da equipe Terraquatro, têm chances de impedir seu título. O líder da Divisão 2 é o gaúcho André Padilha, da Equipe 158, Os paranaenses Artur Bailo/Thiri Lorentz, da Thiri Racing, e Gelerson Vendramin, da HT Guerra, são seus adversários.

A Gold Turismo teve início em 2022 com o Festival de Verão, em Interlagos. Rafa Lopes, na classe Pro, e JP Velarde, na Super, foram os campeões. O primeiro campeonato foi levado a efeito no mesmo ano. Três paranaenses conquistaram títulos: Chris Pampuch, na classe Light, Kadu Silva, na Master, e o próprio Luc Monteiro, na Pro. A Super teve o catarinense Rafael Possenti como campeão. O campeonato de 2023 foi formatado para 24 corridas em seis etapas, nas pistas de Interlagos, Guaporé, Londrina, Tarumã, Velocitta e Cascavel. Três campeões já estão definidos: Rafael Possenti/Rafael Balestrin, na Pro, Adriano Martins, na Super, e Iwan Mykytczuk Junior, na Light. O título da Master será disputado na deste domingo em Cascavel, por Kadu Silva, Marcos Ramos e Toninho Espolador.

 

© Copyright 2023 Grupo Tarobá