Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel

José Lazarin foi chamado para defender a Seleção Brasileira

11/05/24 às 08:41 - Escrito por Luciano Neves
siga o Tarobá News no Google News!

É bom o jovem atleta José Lazarin, de apenas 16 anos, ir se acostumando. Aos poucos a rotina do jogador do Vôlei Clube Cascavel (VCC) começa a mudar. Ele está bem requisitado pelos veículos de comunicação para entrevistas. Antes, o jovem tímido de poucas palavras já começou a se soltar um pouco mais. Não é uma exigência dessa nova rotina. Mas é natural que ele perca a timidez por conta da frequência com que ele atende a imprensa.

E por conta deste assédio que faz bem, José Lazarin, se tornou celebridade no colégio onde estuda, o Wilson Joffre. A instituição de ensino tem um projeto de voleibol bem estabelecido. Inclusive, os jogadores das categorias de base do Vôlei Clube Cascavel (VCC) que representam o município estudam lá.

O jovem atleta, inclusive, teve uma escalada meteórica no esporte por méritos próprios, é claro. Fez parte da Seleção Paranaense que disputou o Campeonato Brasileiro de Seleções, em Saquarema, e foi eleito o melhor oposto. E esse desempenho lhe abriu portas para a Seleção Brasileira. No mês passado, ele foi convocado para defender a Seleção Sub-19 e participou de um período de treinamentos em Saquarema. José passou de fase e foi chamado mais uma vez. Na próxima segunda-feira (13), ele retorna para Saquarema para mais um período de treinamentos com a Seleção Brasileira. Agora, fazendo parte do time definitivo. José terá pela frente este ano o Campeonato Sul-Americano nesta categoria. A competição deve ser confirmada para agosto ou setembro. Antes disso, ele irá para a Argentina para um tour de amistosos. E o grande objetivo do jogador é fazer parte da Seleção Brasileira que irá disputar o Campeonato Mundial de Voleibol Sub-19, no ano que vem. Ou seja, José Lazarin, que já é celebridade, terá que se acostumar com a rotina de viagens internacionais. Inclusive, esta semana, ele já encaminhou a documentação necessária. “Praticamente agora estou na Seleção definitiva. Depois destas duas semanas serão feitos mais alguns cortes. E depois disse terei que ficar lá por um período de três a quatro meses. Eu espero realmente ir além e dar subir um degrauzinho a mais. Eu acho que neste primeiro treinamento, eu consegui aprimorar algumas características, mas quero melhorar ainda mais neste novo período de treinamentos”, explicou.

Leia mais:

Imagem de destaque
TAROBÁ ESPORTE

Equipe Pé Vermelho irá participar do Shell Eco Marathon Brasil no Rio de Janeiro

Imagem de destaque
TAROBÁ ESPORTE

Tarobá Esporte: Liga Nacional e futebol de base em destaque

Imagem de destaque
FUTSAL FEMININO

Stein Cascavel tem bons números antes da Copa Mundo de Futsal

Imagem de destaque
PARANAENSE DE HANDEBOL

Time masculino de Cascavel assume a liderança do Paranaense de handebol

José Lazarin também descreveu a sensação de ser atleta de Seleção Brasileira. “É meu sonho um dia conseguir vestir a camisa com o meu nome e o meu número atrás num mundial”, disse. José não tem um número de preferência, mas se puder escolher, quer o 3 que é o mesmo número que ele usa no VCC.

 

Talento

José Lazarin tem algumas características que lhe tornam diferenciado no voleibol. Primeiro, a estatura. Com 16 anos, tem 1,92. No entanto, os atletas selecionados são todos grandalhões, como ele mesmo disse. Mas o oposto é canhoto, o que dificulta a marcação dos adversários. Logo, ele pode ser considerado como um dos grandes nomes do voleibol de Cascavel na atualidade. “Nós temos uma referência de jogadores, tanto é que os atletas das categorias menores se espelham. O Zé, na crescente que ele vem nas partes táticas e técnicas, e agora com as convocações para as Seleções Paranaense e Brasileira, ele é um atleta de representatividade na nossa equipe e no aqui no município de Cascavel no momento”, afirmou a professora Franciele Cheuczuk, que trabalha no projeto do VCC.

As idas frequentes de José para a Seleção Brasileira vão deixar um vácuo e ele irá desfalcar tanto o time de vôlei do Wilson Joffre nos Jogos Escolares do Paraná (JEPS) quanto o VCC, que disputa as competições estadual. José ficou de fora da etapa de abertura do Estadual Sub-19, justamente por conta da primeira ida para a Seleção Brasileira. Mas esse é um sacrifício que ninguém lamenta. Até porque, a torcida para o sucesso do atleta é gigantesca.


Notícias relacionadas

© Copyright 2023 Grupo Tarobá