Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel

O início da Era Matheus Costa no Cascavel

31/01/24 às 13:15 - Escrito por Luciano Neves
siga o Tarobá News no Google News!

Fim do mistério. A fumaça branca, enfim, saiu da chaminé e a torcida do Cascavel pôde comemorar: “habemus técnico”. Os rumores se confirmaram e Matheus Costa, treinador de 37 anos, será o comandante do Cascavel para a sequência da temporada. O treinador foi apresentado de maneira oficial pelo clube na manhã desta quarta-feira (31), no Estádio Olímpico Regional. Logo após a entrevista coletiva, em que já falou como técnico aurinegro, comentei com Matheus Costa que ele será o 13º treinador a comandar o time na elite do Campeonato Paranaense. Cesar Bueno, que atuou como interino, foi o 12º técnico a dirigir o time. “Treze do Zagallo”, disse o confiante técnico fazendo uma referência ao ídolo Mário Jorge Lobo Zagallo, único tetracampeão mundial na face da Terra, e que nos deixou no início de 2024.

Matheus Costa citou um ícone histórico no futebol brasileiro. E terá a oportunidade de construir a própria história no Futebol Clube Cascavel. Ele será o 13º treinador a comandar o time na elite, mas será o segundo na Copa do Brasil. Neste ano, o Cascavel volta a disputar a competição de mata-mata e terá pela frente o Petrolina de Pernambuco. Esta será a terceira participação do Cascavel na Copa do Brasil. Nas duas situações anteriores, em 2021 e 2022, o time foi comandado por Tcheco. Passou da primeira fase, mas caiu na fase seguinte. A meta determinada para Matheus Costa é colocar o Cascavel, no mínimo, na terceira fase. E este ano, o time terá pela frente mais uma vez a disputa da Série D do Brasileiro. Esta será a quarta participação consecutiva do Cascavel na quarta divisão nacional. E a meta é conquistar o acesso à Série C. Matheus Costa será o quinto treinador a dirigir o time na competição nacional. “Quero dizer que estou muito feliz e motivado para esse grande desafio. Eu vejo que o Cascavel é uma equipe pronta para alçar voos muito grandes, visto que recentemente teve dois vices-campeonatos estaduais. Ou seja, está preparada a ter conquistas e está preparada para subir de patamar no cenário nacional. Eu não tenho dúvidas de que, em instantes, o Cascavel estará entre os 60 clubes do Brasil, pós isso estará entre os 40 clubes do Brasil e eu venho para fazer parte deste projeto”, disse.

Sobre a Copa do Brasil, Matheus Costa afirmou que o Cascavel tem a responsabilidade de passar pelo Petrolina. O clube ainda aguarda a definição da data do confronto, mas ele deve ocorrer entre os dias 21 e 28 de fevereiro. 

Leia mais:

Imagem de destaque
CORRIDA DE RUA

Maratona Avenida Brasil Sanepar é sucesso em Cascavel

Imagem de destaque
SÉRIE OURO

Cascavel Futsal fica duas vezes atrás do placar, mas consegue empate fora de casa

Imagem de destaque
FUTSAL FEMININO

Stein Cascavel estreia na Liga Feminina de Futsal com vitória

Imagem de destaque
CATEGORIAS DE BASE

Time Sub-20 do Cascavel vence o Hope e assume a liderança do Estadual



Paranaense

Mas, de imediato, Matheus Costa tem a missão de melhorar a campanha do Cascavel no Campeonato Paranaense. O início ruim nesta edição do Estadual provocou a saída de Leston Junior e foi o motivo da contratação do novo treinador. Mas como ele foi apresentado esta manhã ainda não poderá comandar o time no jogo desta quarta-feira contra o PSTC, às 19 horas, no Estádio Olímpico. Com isso, o time segue com Cesar Bueno no comando de maneira interina. Este será o terceiro jogo dele no Cascavel. Mas Matheus Costa afirmou que já trabalhou ao lado de Bueno em clubes anteriores e que a transição já começou. Segundo ele, já vinha conversando com Bueno antes durante a negociação com a diretoria do Cascavel.

 

 

© Copyright 2023 Grupo Tarobá