Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel

Primeiro finalista da Liga Nacional será conhecido nesta sexta

01/12/23 às 15:40 - Escrito por Luciano Neves
siga o Tarobá News no Google News!

O primeiro finalista da edição de 2023 será conhecido nesta sexta-feira (1º). Ele sairá do confronto entre Magnus Sorocaba e Joinville, que fazem o jogo de volta das semifinais às 20h30, na Arena Sorocaba. Quem está mais próximo da decisão do próximo dia 17 de dezembro, no ginásio Alcides Pan, em Toledo, é o time catarinense, comandado pelo técnico Cassiano Klein. No jogo de ida, na sexta passada, o Joinville venceu por 4 a 3 e agora tem a vantagem do empate. Nesta partida, o time catarinense quebrou a invencibilidade dos paulistas, que agora necessitam da vitória no tempo normal. Se esse resultado ocorrer, a decisão irá para a prorrogação e o Magnus passa a jogar pelo empate por ter melhor campanha na fase classificatória.

O Magnus Sorocaba tem dois títulos da Liga Nacional, em 2014 e 2020, e quer o tricampeonato. A equipe do técnico Ricardinho e do capitão Rodrigo esteve outras duas finais. Em 2019 foi derrotado pelo Pato Futsal na decisão. Em 2021, fez a final contra o Cascavel Futsal e ficou com o vice-campeonato. Na ocasião, Cassiano Klein era o comandante cascavelense e comemorou o seu primeiro título da Liga Nacional. Agora, Klein quer o bicampeonato. E o Joinville, que foi campeão da LNF em 2017, também quer o bicampeonato. O classificado deste confronto irá enfrentar o vencedor de Atlântico e Cascavel Futsal na decisão. A vantagem neste confronto é do time gaúcho, que venceu o jogo de ida em Cascavel por 10 a 7. Na próxima segunda (04), o Atlântico irá jogar pelo empate. O Cascavel Futsal precisa de uma vitória dupla: vencer no tempo normal e na prorrogação.

A Liga Nacional teve, até agora, 302 jogos. Ao todo, foram marcados 1627 gols, uma média de 5,4 por partida. Richard, do Atlântico, é o principal goleador com 28 gols. Ele é seguido pelo companheiro de equipe, William Bolt, que fez 24. Barbosinha, do Praia Clube, e Rodrigo, do Magnus, têm 22 gols. O melhor ataque da competição pertence ao Atlântico, que tem 136 gols. Já o Joinville é dono da melhor defesa com 45 gols sofridos. 

© Copyright 2023 Grupo Tarobá