Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel

Atletas londrinenses são medalhistas no Mundial de Paracanoagem

13/05/24 às 19:23 - Escrito por Assessoria de Imprensa
siga o Tarobá News no Google News!

Neste último sábado (11), os atletas londrinenses Igor Tofalini e Giovane Vieira de Paula representaram o Brasil no Campeonato Mundial de Paracanoagem, realizado na cidade de Szeged, Hungria. Tofalini conseguiu o segundo lugar do pódio, garantindo uma vaga nos Jogos Paraolímpicos de Paris, que começam em setembro deste ano.


Tofalini competiu na prova dos 200 metros na categoria VL2, reservada para atletas paraplégicos, desarticulados de quadril, biamputados de membros inferiores e algumas deficiências congênitas. O atleta finalizou sua performance em 51s20. “Estamos voltando para o Brasil, mais uma vez com mais uma medalha. Isso mostra o trabalho sério de toda nossa equipe, dos técnicos, fisioterapeutas e de toda a equipe, que nos acompanha e nos dá suporte. Paris é logo ali”, comemorou.


Já Vieira competiu na prova de 200 metros na categoria VL3, destinada para atletas com amputação unilateral e bilateral de membro inferior, e ficou em terceiro lugar na prova. Ele foi um dos atletas que representaram o Brasil nos Jogos Paraolímpicos de Tóquio em 2020, quando conquistou medalha de prata na sua categoria.

Leia mais:

Imagem de destaque
DUAS VITÓRIAS

LEC Handebol Feminino vence duas partidas e garante classificação no Estadual

Imagem de destaque
GUILHERME BELARMINO

Atleta de Londrina leva bronze na terceira etapa da Copa do Mundo de Kickboxing

Imagem de destaque
SEMANA CHEIA

Londrina inicia preparação para o duelo contra o Botafogo-PB

Imagem de destaque
JEPS

Atletas de Apucarana fazem campanha histórica na macrorregional dos JEP´s


Ambos fazem parte da equipe Rema Londrina/ Iate Clube/ FEL, com treinamentos no Iate Clube de Londrina e patrocínio da Prefeitura de Londrina, por meio do Fundo Especial de Incentivo a Projetos Esportivos (Feipe) gerenciado pela Fundação de Esportes de Londrina (FEL).


O técnico da equipe, Gelson Moreira Souza, explicou que a preparação dos atletas para as competições varia entre os centros de treinamento da seleção, em Ilha Comprida e Curitiba, e em Londrina, no Iate Clube. “Aqui em Londrina a gente fez um preparativo muito bacana, muito legal. E lá no centro de treinamento eles também fizeram uma preparação muito boa para participar da competição. Apesar dos europeus, que normalmente dominam a canoagem, o Brasil tem obtido resultados muito, muito bons”, comentou.


Moreira citou também o incentivo que os dois medalhistas trazem para os outros atletas. “Eles são referências. Não só incentivam atletas de Londrina, como também outros atletas do Brasil todo, que vê eles como ídolos, como referência”, finalizou.


Ao todo, a comitiva brasileira no Mundial de Paracanoagem contou com 17 canoístas. A seleção conquistou seis medalhas: dois ouros, duas pratas e dois bronzes.

Notícias relacionadas

© Copyright 2023 Grupo Tarobá