Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel

Grupos de atividade física das UBSs levam saúde física e mental para a população

15/05/24 às 22:00 - Escrito por Assessoria de Imprensa
siga o Tarobá News no Google News!

Com o intuito de garantir a promoção de saúde e bem-estar entre a população, a Secretaria Municipal de Saúde oferece grupos de prática corporal e atividade física para usuários de todas as Unidades Básicas de Saúde (UBSs). Esses encontros são conduzidos pelas equipes multiprofissionais da Atenção Primária à Saúde (APS), as eMulti (antigo NASF), em todas as regiões da cidade.


Para atender as 53 UBSs de Londrina, a cidade conta com sete equipes eMulti. Na área urbana, os profissionais de educação física conduzem os grupos de atividade física; já os fisioterapeutas, que atuam na área urbana e distritos, coordenam grupos de práticas corporais, envolvendo reabilitação e pacientes com dores crônicas.


Geralmente, a comunidade se reúne duas vezes por semana para as atividades físicas, em aulas animadas e com bastante movimento, com duração de uma hora. A população idosa representa a maioria dos participantes, mas os grupos são abertos a outras faixas etárias também.

Leia mais:

Imagem de destaque
7 A 1

Londrina Futsal goleia Cianorte e vence a primeira na LFF

Imagem de destaque
25 ATLETAS

Apucarana é destaque na etapa inicial da Copa Norte de Badminton

Imagem de destaque
ENTRADA LIVRE

Moringão recebe 1ª Copa de Ginástica Rítmica de Londrina neste fim de semana

Imagem de destaque
DUAS VITÓRIAS

LEC Handebol Feminino vence duas partidas e garante classificação no Estadual


A educadora física e integrante do eMulti, Anne Cristine Becchi, atende nas UBSs Vila Brasil, Vila Casoni, Centro, Guanabara e Cafezal. Cada um dos grupos de atividade física que ela coordena recebe, em média, de 30 a 60 pessoas a cada encontro. Dado o número de participantes, os grupos são levados a praças, salões de igrejas, quadras esportivas e outros espaços do bairro. “O objetivo principal é estimular a prática da atividade física através de exercícios específicos com enfoque no aspecto motor, biopsicossocial, condicionamento físico, emagrecimento, bem-estar, alívio de dores, e melhora da saúde e qualidade de vida”, afirmou.


Para isso, Becchi divide cada aula em três momentos. O primeiro envolve práticas de aquecimento e mobilidade articular, seguido de exercícios de fortalecimento, coordenação e equilíbrio. Por fim, o grupo estimula a flexibilidade com exercícios de alongamento.


A adesão dos usuários mostra que a estratégia é bem-sucedida. Margarida Marques, de 80 anos, participa há dois meses do grupo da UBS da Vila Casoni. Antes disso, por oito anos, frequentou grupos de exercício em outras localidades. “O exercício me ajuda todo dia a ter mais ânimo e disposição; é um hábito que quando a gente fica sem fazer, sente falta e já começa a sentir dor aqui e ali. Eu tenho 80 anos e tomo poucos remédios, e graças a Deus todo dia eu tenho força e coragem. Enquanto eu puder, vou continuar fazendo os exercícios. O grupo aqui é muito animado, a professora é muito boa e muito querida, todas as pessoas que frequentam aqui são muito queridas. E isso é bom porque além de fazer exercício a gente também faz amizade, conversa, brinca e tudo mais. Moro a um pouco mais de 1 km daqui e a caminhada vale a pena para participar”, comentou.

Notícias relacionadas

© Copyright 2023 Grupo Tarobá