Futebol

Futebol

Inter empata com Criciúma nos acréscimos e segue fora do G4 da Série B


Inter empata com Criciúma nos acréscimos e segue fora do G4 da Série B
Foto: Ricardo Duarte

O Internacional conheceu na tarde deste sábado o seu terceiro tropeço seguido dentro do Beira-Rio. Na tarde deste sábado, o time gaúcho empatou com o Criciúma por 1 a 1, pela 12.ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. O resultado só não foi pior porque Klaus deixou tudo igual aos 47 minutos da etapa final.

Com o resultado, o Criciúma, invicto há sete rodadas, perdeu grande oportunidade de encostar no G4 e segue no meio da tabela de classificação, com 16 pontos, dois a menos do que o próprio Internacional, que continua fora da zona de acesso à elite do futebol brasileiro.

A fase que o Internacional vive está longe de empolgar. Mesmo jogando em casa, o time gaúcho não conseguiu segurar a pressão imposta pelo Criciúma e saiu atrás do placar logo aos cinco minutos do primeiro tempo. Após bola alçada na área, Raphael Silva tentou duas vezes, até Danilo Silva espalmar. Jonatan Lima ficou com a sobra e cabeceou. A bola quicou e sobrou limpa para Lucão, de voleio, fazer 1 a 0.

O time gaúcho tentou, então, adiantar a marcação e surpreender o Criciúma na base da pressão. Aos 12 minutos, Nico López chutou muito perto do gol de Luiz. A melhor chance, no entanto, foi apenas aos 41 minutos. D'Alessandro cruzou na medida para William Pottker, que testou firme para grande defesa do goleiro Luiz.

O Internacional voltou para o segundo tempo disposto a empatar. Na primeira chegada, Pottker recebeu sozinho dentro da área, cortou o goleiro Luiz, mas acabou deixando a bola escapar. Nico López aproveitou para arrematar, mas chutou em cima de seu companheiro de equipe. Logo depois, Felipe Gutierrez chegou a marcar, mas o árbitro pegou impedimento na jogada.

O time gaúcho continuou em cima, mas a bola insistia em não entrar. Aos 29 minutos, Uendel cruzou, Brenner, debaixo da trave, foi no carrinho para completar, mas viu a bola passar entre as suas pernas, desperdiçando assim uma grande oportunidade de deixar tudo igual.

Antes do apito final, o Inter teve mais três chances de empatar. Na primeira, Brenner chutou à queima-roupa de Luiz, que deu rebote. Na sobra, Pottker parou em mais uma boa defesa do goleiro. Até que aos 47 minutos, enfim, o alívio quando Klaus aproveitou a cobrança de escanteio para deixar tudo igual. A torcida festejou o gol, mas vaiou o time após o jogo, em um claro sinal de que não gostou do que viu. E com razão.

Na próxima rodada, o Criciúma recebe o Paysandu na terça-feira, às 19h15, no Estádio Heriberto Hülse. No mesmo dia, às 20h30, o Internacional visita o Ceará no Castelão, em Fortaleza.

FICHATÉCNICA:

INTERNACIONAL 1 X 1 CRICIÚMA

INTERNACIONAL - Danilo Fernandes; Cláudio Winck (Juan), Klaus, Víctor Cuesta e Uendel; Rodrigo Dourado, Edenílson, Felipe Gutiérrez (Brenner) e D'Alessandro; Nico López (Diego) e William Pottker. Técnico: Guto Ferreira

CRICIÚMA - Luiz; Diogo Matheus,Raphael Silva, Edson Borges e Diego Giaretta; Jonatan Lima, Barreto (Jocinei), Douglas Moreira (Ricardinho) e Fabinho Alves (Alex Maranhão); Silvinho e Lucão. Técnico: Luiz Carlos Winck.

GOLS - Lucão, aos cinco minutos do primeiro tempo. Klaus, aos 47 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Dyorgines Jose Padovani de Andrade (ES).

CARTÕES AMARELOS - Felipe Gutiérrez (Internacional); Barreto, Diogo Mateus, Luiz e Jonatan Lima (Criciúma).

RENDA - R$ 525.574.

PÚBLICO - 25.492 torcedores.

LOCAL - Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS).


Selecione sua cidade

Cascavel | Londrina