Futebol

Futebol

Manchester United bate Tottenham em casa e se isola na vice-liderança do Inglês


United bate Tottenham em casa e se isola na vice-liderança do Inglês
Andrew Couldridge/REUTERS

Graças a um gol marcado pelo atacante francês Anthony Martial aos 35 minutos do segundo tempo, o Manchester United venceu o Tottenham por 1 a 0, neste sábado, no clássico disputado no estádio Old Trafford, e se isolou na vice-liderança do Campeonato Inglês.

Com o resultado, a equipe comandada pelo português José Mourinho foi aos 23 pontos e deixou o Tottenham estacionado com 20 na terceira posição. O líder é o Manchester City, que tem 25 e em outra partida deste sábado pela décima rodada da competição nacional enfrentará o West Bromwich, fora de casa.

Ao Tottenham, que não pôde contar com o artilheiro Harry Kane por motivo de lesão, restou o consolo de que a equipe não corre o risco de perder a terceira posição nesta rodada, pois Chelsea e Arsenal, seus perseguidores mais próximos e respectivos quarto e quinto colocados, possuem 16 pontos cada. Os dois tradicionais clubes londrinos também jogarão em outras partidas deste sábado.

O time comandado por Mauricio Pochettino, porém, almejava conquistar um bom resultado no clássico para ganhar mais confiança antes de receber o poderoso Real Madrid, na quarta-feira, em Londres, no confronto que valerá a liderança do Grupo H da Liga dos Campeões da Europa.

Já o Manchester United, líder do Grupo A da competição continental com 100% de aproveitamento até aqui, pegou ainda mais embalo para enfrentar o Benfica, na terça-feira, novamente em casa, pela quarta rodada desta chave.

O clássico que abriu a décima rodada do Inglês neste sábado acabou tendo um pouco de sua qualidade prejudicada pela chuva que castigou Manchester e deixou o gramado do Old Trafford mais pesado. A partida, truncada na maior parte do tempo, foi de poucas oportunidades de gol.

A maioria das raras chances ofensivas do clássico foi criada pelo United, que viu o goleiro De Gea precisar trabalhar pouco com defesas, como aconteceu aos 41 do primeiro tempo em finalização do zagueiro Eric Dier.

O Tottenham ainda desperdiçaria uma escassa, porém ótima oportunidade, aos 33 minutos da etapa final, quando Dele Alli foi lançado por Eriksen e ficou frente a frente com De Gea, mas errou o alvo ao tentar dar um toquinho para tirar a bola do alcance do goleiro.

O susto despertou o ímpeto de United, que no minuto seguinte quase abriu o placar após Lingard cruzar da direita para Lukaku subir no centro da área e cabecear na trave esquerda do goleiro Lloris.

Pouco depois, porém, não houve perdão para o Tottenham. Em uma jogada que surgiu de um lançamento do goleiro De Gea, ainda de sua grande área, Lukaku desviou de cabeça a bola na intermediária para Martial, que recebeu a bola nas costas dos defensores, invadiu a grande área livre e tocou cruzado, com tranquilidade, no canto esquerdo de Lloris, que saía no abafa.

Após os desafios que enfrentarão no meio de semana pela Liga dos Campeões, o Manchester United vai encarar o Chelsea, no próximo dia 5 de novembro, em Londres, onde o Tottenham também atuará no mesmo dia contra o Crystal Palace em outro confronto válido pela 11ª rodada do Campeonato Inglês.


Selecione sua cidade

Cascavel | Londrina