Futebol

Futebol

Renato Gaúcho elogia Corinthians e defende goleiro do Grêmio


Renato Gaúcho elogia Corinthians e defende goleiro do Grêmio
Foto: Facebook Oficial do Corinthians

Renato Gaúcho saiu em defesa do goleiro Marcelo Grohe após a derrota do Grêmio para o Corinthians por 1 a 0, no domingo, em Porto Alegre. Para o treinador gremista, o gol sofrido não foi falha do goleiro, apesar da finalização certeira de Jadson ter passado entre as pernas de Grohe.

"O jogador do Corinthians praticamente chutou cara a cara com ele. Não acredito que tenha sido uma falha dele. A bola passou no meio das pernas, mas o jogador não chutou de longe", minimizou Renato Gaúcho. "Grohe não vem tendo queda no campeonato. Ele é um jogador que tem nos ajudado bastante e vai continuar nos ajudando. São coisas que acontecem."

Além de defender o goleiro, o treinador fez questão de elogiar o desempenho do rival, que lidera o Brasileirão. "Na preleção, falei para a minha equipe que seria um jogo muito disputado, as equipes jogam praticamente igual e sabíamos que teríamos poucas chances. Quem fosse mais eficiente, sairia com a vitória, e o Corinthians fez por merecer", admitiu.

Para Renato, o maior mérito do rival esteve na defesa, principalmente com a atuação do goleiro Cássio. "O Corinthians se defende muito bem. Eles trabalham muito no erro do adversário e procuram se valer disso. Nós erramos, e eles fizeram o gol. O Cássio teve uma tarde muito feliz, mas não temos muito tempo para lamentar", declarou.

O treinador se referia ao próximo jogo do Grêmio, na quarta, pela Copa do Brasil. O time gaúcho vai enfrentar o Atlético Paranaense, em casa, pela ida das quartas de final. Por causa do confronto, Renato Gaúcho já avisou que pretende poupar quase todos os titulares no fim de semana, diante do Palmeiras, pelo Brasileirão, no sábado.

"Na quarta-feira, pela Copa do Brasil, joga o time principal e aí sim, no sábado, contra o Palmeiras, os titulares vão descansar porque teremos um jogo importantíssimo pela Copa Libertadores. Não gostaria de poupar, mas é preciso, porque daqui a pouco está todo mundo no departamento médico", explicou o treinador. O duelo na Libertadores será contra o Godoy Cruz, na Argentina, pela ida das oitavas de final.


Selecione sua cidade

Cascavel | Londrina