Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel

Alta do preço dos peixes ocorre pela redução dos animais na Noruega

29/03/24 às 20:09 - Escrito por BAND
siga o Tarobá News no Google News!

O preço do peixe para completar o menu da Páscoa deste ano deve ser mais salgado para quem não abre mão da combinação entre bacalhau e azeite.


A Noruega, que é o maior fornecedor de bacalhau do Brasil, enfrenta uma redução significativa das populações de peixes, o que ajuda a explicar a alta do preço global.


Segundo o Conselho Norueguês da Pesca, 2024 é o segundo ano consecutivo em que a cota de peixes que podem ser pescados no mar da Noruega sofre redução.

Leia mais:

Imagem de destaque
SAFRA 2024/25

Clima resulta em melhor colheita de laranjas desde 88/89

Imagem de destaque
PROTEÍNA AVÍCOLA

Carne de frango ganha competitividade frente a concorrentes

Imagem de destaque
ENTENDA

Venda de etanol hidratado soma 1,86 bilhão de litros em abril

Imagem de destaque
DESCARTOU PROBLEMAS

Entenda por que não faltará arroz nos mercados, segundo associação


Além disso, a escassez de azeite na Europa devido à estiagem, especialmente na Espanha, o maior produtor do mundo, também está na raiz da explosão dos preços no Brasil.


Notícias relacionadas

© Copyright 2023 Grupo Tarobá