Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel

Como será o clima no Brasil em Dezembro? Veja a previsão

27/11/23 às 15:40 - Escrito por Band
siga o Tarobá News no Google News!

Os efeitos do fenômeno El Niño continuam fortes sobre o Brasil no mês de dezembro, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). A previsão indica que, nas regiões norte, como oeste do Amazonas, leste do Pará e Tocantins, e na região nordeste, o último mês do ano deve ser de pouca chuva, com volumes previstos abaixo dos 200 milímetro. 


Na contramão, em grande parte das regiões Centro-Oeste e Sudeste, a previsão indica muita chuva, com volume acima da média, que podem superar 300 mm em áreas de Mato Grosso, Goiás, centro-sul de Minas Gerais, nordeste de São Paulo e sul do Rio de Janeiro. 


Na região norte dos estados de Goiás, Minas Gerais e Espírito Santo, as chuvas previstas poderão ser abaixo da média, com volumes inferiores a 200 mm.

Leia mais:

Imagem de destaque
DESDE O DIA 17

China extingue sobretaxa para carne de frango brasileira

Imagem de destaque
SEGURANÇA ALIMENTAR

Ministra diz que mudança climática pode afetar produção de alimentos

Imagem de destaque
ENTENDA

Demanda retraída pressionam cotações do açúcar cristal branco

Imagem de destaque
VEJA OS DADOS

Maior demanda impulsiona cotação do etanol em São Paulo


Para a região Sul, que já vem registrando chuvas acima da média nos meses anteriores, pouca coisa muda: no Paraná e em Santa Catarina, os volumes são previstos acima de 180 mm. Na porção centro-sul do Rio Grande do Sul, as chuvas devem ser próximas ou ligeiramente abaixo da média.


Safra de grãos 2023/2024


O prognóstico climático do Inmet para o mês de dezembro de 2023 e seu possível impacto na safra 2023/2024 para as diferentes regiões produtoras indica que em áreas do Matopiba (região que engloba os estados do Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia), os baixos volumes de chuva previstos ainda manterão os níveis de água no solo baixos, exceto em áreas do sul de Tocantins e extremo sudoeste da Bahia, onde haverá uma ligeira recuperação da umidade no solo. Essa condição poderá impactar a evolução do plantio e desenvolvimento inicial dos cultivos de primeira safra que já estão em andamento.


Em grande parte do Brasil Central, o retorno gradual das chuvas está sendo importante para a recuperação do armazenamento de água no solo, especialmente em áreas do norte de Mato Grosso e sul de Goiás. No geral, a umidade no solo será favorável para a semeadura e o desenvolvimento dos cultivos de primeira safra, exceto em áreas do norte de Minas Gerais e do Espírito Santo, bem como no noroeste do Mato Grosso do Sul e sudoeste de Mato Grosso, onde os níveis de umidade poderão ser mais baixos.


Na Região Sul, os níveis de água no solo podem continuar elevados e beneficiar as fases iniciais dos cultivos de primeira safra. Contudo, em algumas áreas o excesso de chuvas poderá resultar em excedente hídrico e encharcamento do solo, impactando a colheita dos cultivos de inverno e impedir o avanço da semeadura dos cultivos de primeira safra.


Mais calor


A previsão também indica que as temperaturas que deverão ser acima da média em grande parte do País, principalmente no leste da Região Norte e grande parte da Região Nordeste, onde as temperaturas médias podem superar 28ºC. Ressalta-se que, a ocorrência de dias consecutivos com chuva sobre o oeste da Regiões Sul, poderá amenizar as temperaturas, chegando a valores inferiores a 24°C.

© Copyright 2023 Grupo Tarobá