Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel

Quais são os produtos do agronegócio que o Brasil exporta?

25/05/24 às 11:48 - Escrito por
siga o Tarobá News no Google News!

As exportações brasileiras alcançaram um recorde de US$ 339,7 bilhões no ano passado. O aumento foi de 1,7% na comparação ao ano anterior e, dentre os produtos que o Brasil mais vende existe um que lidera o ranking e desempenha um papel importante para o fornecimento global: a soja.


De acordo com Helmuth Hofstatter, CEO e fundador da Logocomex, empresa de tecnologia para o comércio exterior, a soja é o líder incontestável das exportações brasileiras. “Como o maior produtor mundial desse grão, o Brasil conquistou uma posição de destaque nos mercados internacionais, fornecendo para países como a China, que absorve 73% das exportações, e a Argentina, com uma participação equivalente a 3,8%”, explica. Ele conta que de janeiro a dezembro de 2023, as exportações de soja atingiram a impressionante marca de US$ 53,2 bilhões, representando uma fatia significativa do total exportado pelo país.

Leia mais:

Imagem de destaque
NA ÚLTIMA SEMANA

Batata registra novas quedas de preço com avanço da colheita

Imagem de destaque
BAIXA DISPONIBILIDADE

Preços da laranja continuam em alta segundo levantamento

Imagem de destaque
ENTENDA

EUA querem comprar óleo de cozinha usado por brasileiros

Imagem de destaque
ENTENDA

Agricultura afirma que governo não desistiu da compra de arroz


A soja é matéria-prima para alimentos de consumo humano, animal, óleos, biocombustível e atende ainda a indústria cosmética.


Em segundo lugar no ranking de exportações brasileiras estão os óleos brutos de petróleo, que alcançaram US$ 42,5 bilhões em vendas para o exterior e também, o minério de . Mas são os produtos que vêm do agronegócio que compõe a maior parte da lista:


Açúcares e melaços: O açúcar é o principal produto exportado no setor sucroalcooleiro brasileiro. Além do açúcar branco, são exportados outros tipos de açúcares, como lactose, maltose, glicose e frutose. Em 2023, o país exportou cerca de 27 milhões de toneladas desses açúcares, contribuindo significativamente para o mercado global.

 


Carne bovina: O Brasil é o principal exportador de carne bovina no cenário mundial. Somente no primeiro trimestre de 2023, o país exportou impressionantes 286,64 mil toneladas de carne in natura. Por outro lado, a China continua sendo o principal destino dessas exportações, seguida pelo Chile e pelos Estados Unidos, destacando a relevância desse produto para a economia brasileira.

 

Mas, uma curiosidade: a China não importa os cortes bovinos mais caros, como o filé mignon ou a picanha. Os chineses compram miúdos, tripas e carnes consideradas ‘não tão valorizadas’. 

 

Carne de frango: Até dezembro de 2023, essas exportações totalizaram aproximadamente US$ 9 bilhões, evidenciando a demanda internacional por produtos avícolas brasileiros. Em carnes de frango, a China também aparece como o maior importador. Da ave, os chineses consomem tudo, inclusive o pé de frango, que na China é considerado um snack super tradicional e valorizado, vendidos em máquinas automáticas. 

 

Milho não moído, exceto milho doce: O Brasil também se destaca como um dos principais exportadores de milho não moído. Em 2023, foram exportados US$ 13,6 bilhões dessa commodity para destinos como China, Japão e Vietnã. Atualmente, o Brasil ocupa a posição de 3º maior produtor mundial desse importante grão, demonstrando a crescente relevância do país no mercado global de cereais. Possivelmente na safra 2024/2025, o país deve alcançar a segunda posição entre os exportadores de milho. 

Notícias relacionadas

© Copyright 2023 Grupo Tarobá