Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel

Bebê que caiu de barco durante resgate é encontrada morta no RS

13/05/24 às 08:10 - Escrito por UOL
siga o Tarobá News no Google News!

A bebê Agnes da Silva Vicente, de sete meses, foi encontrada morta hoje em Canoas (RS). Ela estava desaparecida desde o dia 4 de maio, quando o barco em que estava com a família virou durante o resgate no município, atingido pelas enchentes no Rio Grande do Sul.



O que aconteceu


Gabrielli Rodrigues da Silva, 24, confirmou nas redes sociais a morte de Agnes, uma de suas filhas gêmeas. A bebê estava desaparecida desde que caiu na água após ter virado o barco onde a família estava ao ser resgatada.

Leia mais:

Imagem de destaque
PACIENTES

Auxílio para pessoas com transtorno mental tem aumento de R$ 255

Imagem de destaque
CONVIDADA

Mesatenista Carla Maia vai disputar Paralimpíada de Paris

Imagem de destaque
CESTAS BÁSICAS

Exército leva nesta terça 75 toneladas de donativos para o RS

Imagem para ilustrar o sorteio da mega-sena. Crédito para agência Brasil
APOSTAS ABERTAS

Mega-Sena sorteia nesta terça-feira prêmio de R$ 35 milhões


O Corpo de Bombeiros confirmou que o corpo da bebê foi encontrado. Gabrielli e o pai das meninas, Allisson, publicaram textos no Instagram se despedindo da filha. Os dois chamaram Agnes pelo apelido de "miss simpatia".


Os pais postaram fotos de Agnes com a gêmea, Ágahta, que foi resgatada. A foto publicada por Gabrielli tem uma foto de Ágatha ao lado das roupas e de um brinquedo da irmã, ausente na imagem.


"Agora este vazio da foto vai ser eterno, agora a saudade e a lembrança vão fazer morada. Agora eu não tenho uma palavra que possa descrever a minha dor, porque como vou viver faltando uma peça no meu quebra-cabeça?", disse Gabrielli da Silva, em texto após a morte da filha Agnes.



Durante resgate, mãe achou que filha tinha sido salva


Mãe só descobriu desaparecimento da filha ao chegar a abrigo. Segundo contou ao UOL, ela alertou ao resgate de que só uma de suas filhas, a gêmea Ágatha, tinha sido retirada das águas, mas disseram a ela que Agnes estava em outro barco.


No Instagram, Gabrielli afirmou que não culpa ninguém pela perda da filha. No texto em que se despediu da filha, ela chamou de heróis os que ajudaram no resgate.


"Sei que ninguém teve culpa! Ninguém! Muito menos as pessoas que se disponibilizaram em nos salvar, a todos que estavam dando a vida para nos salvar", disse Gabrielli da Silva, em texto sobre a morte da filha.

Notícias relacionadas

© Copyright 2023 Grupo Tarobá