Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel

Corpo de Ziraldo é enterrado no Cemitério São João Batista

08/04/24 às 08:09 - Escrito por Band
siga o Tarobá News no Google News!

O corpo do cartunista Ziraldo foi enterrado no fim da tarde deste domingo (7), no Cemitério São João Batista, no bairro de Botafogo, Zona Sul do Rio de Janeiro. O criador do “O Menino Maluquinho” morreu aos 91 anos, na tarde do último sábado (6), enquanto dormia, no apartamento onde morava no bairro Lagoa.


A cerimônia de velório e o enterro foram abertos ao público. A primeira ocorreu no Museu de Arte Moderna do Rio, onde o corpo de Ziraldo ficou das 10h, às 15h30.


Ziraldo nasceu em Caratinga (MG), na região do Rio Doce, em 1932. Ele foi quem lançou a revista ''Pererê'', nos anos de 1960, primeiro gibi a cores produzido no Brasil. O cartunista deixou uma legião de fãs, esposa e três filhos.

Leia mais:

Imagem de destaque
PUBLICADA

MP do Auxílio Reconstrução do Rio Grande do Sul entra em vigor

Imagem de destaque
COMBATE À DESINFORMAÇÃO

Compartilhe a verdade: informações seguras sobre as chuvas no RS

Imagem de destaque
MINISTRO ANUNCIOU

Autoridade federal vai atuar no Rio Grande do Sul durante calamidade

Imagem de destaque
SEGUNDO GOVERNO

RS: com 3% da população gaúcha, Canoas lidera ranking de desabrigados



Resistiu à ditadura


Durante a ditadura militar no Brasil, Ziraldo foi um dos fundadores do jornal “O Pasquim”, ao lado de Jaguar, Henfil e Millôr Fernandes. Na época, quase a equipe inteira foi presa, incluindo o cartunista, detido três vezes. 


Ziraldo criou, em 1980, o Menino Maluquinho, personagem que em pouco tempo virou um dos principais fenômenos da literatura infanto-juvenil do país. Com uma panela na cabeça, o personagem conquistou os livros, os cinemas e as telinhas de todo o Brasil. 


Na Copa União de 1987, Ziraldo, que era flamenguista, desenhou os mascotes do futebol brasileiro. Apesar da Copa ter sido só naquele ano, os mascotes do Ziraldo viraram febre e apareceram em vários álbuns de figurinhas dos anos 1990. 


Nos 70 anos de carreira, Ziraldo também fez sucesso com “Turma do Pererê” e o livro “FLICTS”. Em 2024, o cartunista ganhou uma exposição interativa no Rio de Janeiro.

Notícias relacionadas

© Copyright 2023 Grupo Tarobá