Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel

Dia do Consumidor: veja como aproveitar e não cair em golpes

15/03/24 às 09:10 - Escrito por UOL
siga o Tarobá News no Google News!

O Dia do Consumidor é comemorado nesta sexta-feira (15), e com o aumento das promoções também aumentam as chances de cair em golpes. Confira dicas de especialistas para você se prevenir, aproveitar os preços baixos e fazer compras seguras.



Como evitar cair em golpes



Faça uma lista do que você precisa comprar e avalie se a compra não vai comprometer seu orçamento. Isso evita compras por impulso e te deixa focado nas suas reais necessidades. Segundo o Procon-SP, o consumidor deve avaliar se a compra — ainda que de um item em promoção — não irá comprometer o orçamento. Perguntas como "preciso deste produto? Tenho como comprar agora? Irei sobrecarregar minhas finanças?" podem ajudar neste momento.

Leia mais:

Imagem de destaque
PUBLICADA

MP do Auxílio Reconstrução do Rio Grande do Sul entra em vigor

Imagem de destaque
COMBATE À DESINFORMAÇÃO

Compartilhe a verdade: informações seguras sobre as chuvas no RS

Imagem de destaque
MINISTRO ANUNCIOU

Autoridade federal vai atuar no Rio Grande do Sul durante calamidade

Imagem de destaque
SEGUNDO GOVERNO

RS: com 3% da população gaúcha, Canoas lidera ranking de desabrigados


Pesquise os preços antes das datas da promoção para avaliar se realmente houve desconto. Muitas vezes as empresas aumentam o valor dos produtos na véspera da data comemorativa e em seguida baixam para simular um desconto. Uma alternativa é usar aplicativos também costumam notificar o consumidor quando o preço diminui em algum site.


Pesquise o produto. Avalie as características, preço, formas de pagamento, frete, prazo de entrega. Se for comparar preços em sites diferentes, preste atenção se é o mesmo produto, com as mesmas especificidades, já que diferenças de tamanho ou potência, por exemplo, impactam no preço. "A análise e pesquisa desses itens pode evitar uma série de problemas e reclamações posteriores", afirma Bianca Lobo, coordenadora jurídica do escritório Nelson Wilians Advogados e especialista em direito do consumidor.


Analise todos os detalhes do preço antes de fechar a compra. Segundo o Procon-SP, é importante que o consumidor avalie todos os detalhes que compõem o preço, como o valor do frete e outros serviços vinculados, como as taxas de juros nas compras parceladas. Muitas vezes, o menor preço oferecido é para pagamento à vista feito geralmente em pix ou por boleto bancário. Também é comum encontrar um produto com o preço menor, mas com o valor do frete mais alto. Faça as contas para ter certeza que você vai pagar menos.


"O consumidor precisa estar atento às ofertas e principalmente ao valor dos produtos desejados. É importante avaliar os preços muito antes das datas promocionais do comércio. As empresas podem aumentar tanto o valor dos produtos, como também o valor do frete para 'maquiar' o preço final do produto. A maquiagem de preço também é uma prática proibida e frequentemente alertada pelos Procons.", explica Bianca Lobo, coordenadora jurídica do escritório Nelson Wilians Advogados e especialista em direito do consumidor. 


Acesse sempre os canais oficiais do fornecedor. Não clique em links de ofertas recebidos por e-mail, WhatsApp ou redes sociais. A chance de cair em golpes assim é muito alta. Preste atenção na veracidade da página antes de realizar uma compra por redes sociais. Verifique as avaliações que ela possui e sempre procure comprar on-line em lojas indicadas por conhecidos ou que já tenham uma relevância. Nunca informe dados pessoais e de cartão de crédito por redes sociais. Desconfie de quem pede essas informações.


Cuidado com anúncios de "oportunidades únicas". Depois do Dia do Consumidor, empresas ainda vão realizar promoções durante outros períodos do ano. Tenha cautela antes de gastar dinheiro achando que é a última vez que vai encontrar o produto por aquele preço.


Antes de fechar a compra, cheque os dados do fornecedor. Confira se o site informa endereço físico, o CNPJ e os canais de atendimento ao consumidor. E, ao fazer o pagamento, é preciso prestar atenção e conferir todos os dados antes de finalizar a operação (nome da empresa, CNPJ, data etc.). Você também pode pesquisar a reputação do lojista em sites como Reclame Aqui, que reúnem denúncias de consumidores e possibilitam que as empresas respondam os clientes.

Notícias relacionadas

© Copyright 2023 Grupo Tarobá