Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel

Dono de Porsche que matou motorista é indiciado por homicídio doloso

02/04/24 às 15:54 - Escrito por BAND
siga o Tarobá News no Google News!

O empresário Fernando Sastre Filho, de 24 anos, foi indiciado por homicídio doloso, quando há a intenção de matar, lesão corporal e fuga de local de acidente, segundo a Secretaria da Segurança Pública. 


Ele foi o responsável pela morte Ornaldo Viana, de 52 anos, após colidir o carro de luxo que conduzia com o da vítima.


O acidente aconteceu na madrugada do último domingo na Avenida Salim Farah Maluf, altura do número 1801. Ornaldo voltava para casa depois de realizar a última corrida naquela madrugada. O limite para a via é de 50 km/h.

Leia mais:

Imagem de destaque
PARCELA DE MAIO

Caixa paga Bolsa Família a beneficiários com NIS de final 2

Imagem de destaque
LABIC BRASIL

Inscrições para Redes de Formação em Cultura Digital estão abertas

Imagem de destaque
PUBLICADA

MP do Auxílio Reconstrução do Rio Grande do Sul entra em vigor

Imagem de destaque
COMBATE À DESINFORMAÇÃO

Compartilhe a verdade: informações seguras sobre as chuvas no RS


Câmeras de segurança flagraram o momento da batida. Nas imagens é possível ver que o carro de luxo colide na traseira do Sandero com muita violência. Após a colisão, os carros vão para a lateral da pista, chegando a atingir um poste.


Também são investigados policiais militares, pela Corregedoria da corporação, por liberarem Fernando com a mãe após o acidente. Isso impossibilitou a realização do teste do bafômetro para saber se ele estava alcoolizado.


O filho de Ornaldo da Silva, Luam Silva, fez um desabafo nas redes sociais. Luam afirmou que o sentimento é de injustiça, por conta de a Justiça de São Paulo ter negado a prisão temporária de Fernando Sastre Filho. 

Notícias relacionadas

© Copyright 2023 Grupo Tarobá