Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel

Indústria automotiva deve superar o nível pré-pandemia em 2026

16/02/24 às 09:30 - Escrito por Band
siga o Tarobá News no Google News!

O setor automotivo brasileiro deve recuperar o patamar pré-pandemia em 2026, segundo o presidente da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), Márcio de Lima Leite.


Em entrevista ao Band.com.br, o presidente da Anfavea disse que a expectativa é que em 2026 o setor chegue à marca histórica de 3 milhões de veículos produzidos. 


“Período pré-pandemia a gente chega no final de 2025. Em 2026 a gente alcança o número de 3 milhões de veículos produzidos, que é o número ideal, mágico, para o nosso setor. Nós prevemos 3 milhões de unidades e em período pré-pandemia, a gente estava com 2,8 milhões de veículos produzidos”, disse. 

Leia mais:

Imagem de destaque
POLICIAL

Brasileiro morre em confronto com a polícia paraguaia após matar policial

Imagem de destaque
LISTA COM 21 PAÍSES

Brasil integra rede da OMS para monitoramento de coronavírus

Imagem de destaque
DIREITOS HUMANOS

Crianças do Complexo da Maré relatam violência policial

Imagem de destaque
PAÍSES PEDEM CALMA

Após apelo de aliados, Israel deve atacar o Irã 'no momento certo'


Márcio também comenta sobre a importância dos biocombustíveis para o crescimento e desenvolvimento do mercado nacional para a transição energética no Brasil.  


“O Brasil está caminhando na eletrificação, que são os híbridos a etanol, é a utilização da eletrificação do híbrido com os biocombustíveis. Então, sem dúvida, é isso que vai dominar a tecnologia. O Brasil está tendo a oportunidade de fazer a transição em um ritmo mais consciente, um ritmo que permite o crescimento do setor e que complemente a produção e as vendas”, comentou. 


O presidente da Anfavea também comentou sobre a importância da volta do Salão do Automóvel no Brasil, que não acontece desde 2018. A principal diferença no retorno do salão para os anteriores é o formato, focando na indústria nacional e não em carros futuristas. 
 

“Houve até uma cobrança do vice-presidente da República, Geraldo Alckmin, sobre o salão, nós temos que entregar o Salão do Automóvel de 2024. Nós vamos ter o salão no Anhembi no final deste ano, mas em outro formato. O objetivo é focar na tecnologia, na produção e na indústria brasileira e não na pirotecnia”, finalizou. 



© Copyright 2023 Grupo Tarobá