Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel

Senado aprova urgência para analisar fim das saidinhas temporárias

08/02/24 às 08:49 - Escrito por Band
siga o Tarobá News no Google News!

O Senado Federal aprovou nesta quarta-feira (7) a urgência para analisar o Projeto de Lei que acaba com as saidinhas temporárias de presos nos feriados. A medida permite que o texto vá direto para o plenário do Senado, sem passar pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ).  


O PL 2.253/2022 determina novas regras para a saída temporária. Inicialmente, o texto acabaria com o benefício. Relator, o senador Flávio Bolsonaro (PL-RJ), no entanto, acatou uma emenda feita pelo senador Sergio Moro (União-PR) que mantém o benefício a presos inscritos em cursos profissionalizantes ou nos ensinos médio e superior.


O projeto que extingue o benefício da "saidinha", hoje permitida pela Lei de Execução Penal, foi aprovado pela Câmara dos Deputados em agosto de 2022.

Leia mais:

Imagem para ilustrar o sorteio da mega-sena. Crédito para agência Brasil
APOSTAS ABERTAS

Acumulada novamente, Mega-Sena terá prêmio de R$ 100 milhões

Imagem de destaque
CNPI

Lula homologa terras indígenas na Bahia e em Mato Grosso

Imagem de destaque
PARCELA DE ABRIL

Caixa paga Bolsa Família a beneficiários com NIS de final 3

Imagem de destaque
VAPE

Anvisa discute nesta sexta regulamentação de cigarro eletrônico


Pelas regras atuais, a saída temporária pode ser concedida a condenados que cumprem pena em regime semiaberto. A legislação permite o benefício a presos de bom comportamento do regime semiaberto, que já tenham cumprido o mínimo de um sexto da pena, caso seja primário. Caso seja reincidente, deve ter cumprido um quarto da pena.


O condenado que cumpre pena por praticar “crime hediondo com resultado morte” não tem direito à saída.  



© Copyright 2023 Grupo Tarobá