Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel

50 anos Itaipu Binacional: geração limpa e renovável é destaque na usina

16/05/24 às 13:07 - Escrito por Redação Tarobá News
siga o Tarobá News no Google News!

Com diversos passeios, o turismo de Itaipu além de ser uma das atrações em Foz do Iguaçu, é também reesponsável por disseminar entre pessoas de todas as nacionalidades do mundo a importância da geração limpa e renovável de energia, além da preservação de fauna e flora nativas.


Celular na mão, e sorriso no rosto... São expressões comuns por aqui. Itaipu oferece diferentes opções de visitas: panorâmica, técnica, iluminada... As visitas institucionais e turísticas atraem de mil a 1500 pessoas todos os dias.


Leia mais:

Imagem de destaque
GRAVE

Bebê de 1 ano morre atropelado em Apucarana e suspeito é espancado por populares

Imagem de destaque
ENTENDA A HISTÓRIA

Conheça a história do Paçoca, cão que se envolveu em polêmica neste domingo

Imagem de destaque
EXPLICAÇÃO

Família nega que tenha abandonado cachorro e explica caso; cão está bem

Imagem de destaque
TRAGÉDIA

Homem morre após acidente de moto na Avenida Dez de Dezembro, em Londrina

Nós fizemos o passeio panorâmico, que dura cerca de uma hora, passa pelo topo da barragem, e contempla toda área externa da usina, com paradas no mirante central e mirante vertedouro. As imagens são de impressionar... Mesmo com vertedouro fechado, por conta da baixa do Rio Paraná, ninguém sai decepcionado não...


Saindo da maravilha da engenharia, pra natureza preservada... Outro passeio enriquecedor...Você já conhece o Refúgio Biológico Bela Vista, mantido por Itaipu?. O espaço é reconhecido como um posto avançado da Reserva da Biosfera da Mata Atlântica.


O refúgio é a casa de mais de 50 espécies...  Aqui, está o maior e mais bem-sucedido programa de reprodução de harpias do mundo, iniciado em 2009, de uma maneira curiosa.


Esse viveiro foi construído em 2015 pra abrigar as aves frutos do projeto de reprodução. As harpias são as maiores águias das américas.


Na natureza está tudo conectado. Da fauna, a flora. A preocupação aqui inclui o reflorestamento. Primeiro, é feita a coleta de sementes, que passam por um processo de beneficiamento, para que fiquem puras e sejam semeadas, e assim as mudas possam ser produzidas.


O refúgio compõe o Corredor de Biodiversidade do Rio Paraná, que conecta o Parque Nacional do Iguaçu às áreas protegidas da Itaipu, e ao Parque Nacional de Ilha Grande. A unidade de conservação ocupa uma área de 1.780 hectares, e se tornou referência principalente para outras empresas do setor elétrico.


Amanhã, no dia em que Itaipu celebra seus 50 anos de criação, falaremos sobre os desafios da hidrelétrica perante as novas formas de energia.

Notícias relacionadas

© Copyright 2023 Grupo Tarobá